Novum Canal

mobile

tablet

Pedro Nuno Santos preside à assinatura do auto de consignação da empreitada do IC35 entre Penafiel e Rans

Obras na Ponte Luís I vão mesmo avançar mesmo com os atrasos verificados

Partilhar por:

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, afirmou que o atraso da obra de requalificação do tabuleiro inferior da Ponte Luís I, entre o Porto e Gaia, se deve ao facto de ter sido necessário lançar dois concursos.

Segundo Pedro Nuno Santos “houve um concurso deserto e foi necessário lançar um novo, com preço base superior e isso atrasou. É uma obra complexa. Estamos a falar de património histórico, com materiais muito específicos”.

Na verdade o primeiro concurso lançado, em julho de 2019, não teve condições de avançar porque todas as propostas apresentadas ficaram acima do valor base de dois milhões de euros, o que veio atrasar o próprio arranque da obra. O novo concurso público foi lançado em outubro de 2020 por 3,8 milhões de euros. A obra foi adjudicada por 3,25 milhões de euros e os trabalhos arrancaram 12 meses depois.

O ministro, contudo, garante que “nas Infraestruturas, temos vários problemas desses, mas a obra vai ser feita”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!