Novum Canal

mobile

tablet

Andreia Sousa: “vou a Lousada para estar na luta pela vitória!”

Partilhar por:

A piloto do Peugeot 306 quer dar continuidade em Lousada ao bom momento que atravessa na Divisão Nacional (2RM) do Campeonato de Portugal de Ralicross TRANSWHITE. Vencer é o seu objetivo assumido para a terceira prova do ano.

Chegados à terceira das sete provas previstas, aumenta a intensidade nas lutas pela supremacia nas diferentes divisões do nacional maior da modalidade. Logicamente, mão é diferente na Divisão Nacional (2RM), com quatro pilotos a chegarem ao Ralicross de Lousada separados por 23 pontos na tabela pontual.

Fotografia: VMotores

Entre eles está Andreia Sousa. A talentosa jovem de Guimarães está a realizar uma época em crescendo e ocupa já o terceiro posto no campeonato, a 19 pontos da liderança e assume claramente ao que vai ao Eurocircuito da Costilha:

“Talvez pareça repetitiva, pois já o disse anteriormente em outras provas, mas vou a Lousada para vencer. Sei que esta prova é importante para alguns pilotos, onde me incluo, pois estamos todos tão perto que todos os pontos são fundamentais. Eu não quero deixar escapar os lugares cimeiros e vou estar na luta até ao fim!”, assume.

Andreia Sousa gosta de correr na Costilha. Considera que é um traçado “especial, é uma pista que me dá um gozo enorme competir lá pois o público junta-se em grande quantidade e isso dá sempre uma motivação extra. Ter casa cheia ainda nos dá mais vontade de querer vencer e ter aquela gente toda a vibrar por nós”. Em termos técnicos, define a pista como “como um traçado que requer bastante trabalho atrás do volante e  bastante esforço do carro. É também uma pista rápida que requer também uma grande concentração para não acontecer um mínimo erro”.

Fotografia: VMotores

Por isso, quanto à estratégia para este fim-de-semana, a piloto foca em “terminar todas as mangas nos lugares da frente e chegar à final com uma boa posição na grelha e depois aí sim darei tudo por tudo para conseguir o lugar mais alto do pódio. Confesso que gosto de ir determinada e aproveitar ao máximo o que o carro me proporciona, deixando tudo em pista!”.

Fotografia: VMotores

Este espaço de tempo entre as duas provas foi aproveitado pela equipa técnica para “verificar o carro todo e corrigir alguns erros que detetamos nas duas primeiras provas. Somos uma equipa que pondera sempre qualquer mudança e evolução no nosso Peugeot pois para nós o mais importante é ter um carro fiável e que chegue ao fim”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!