Novum Canal

mobile

tablet

ACES Vale do Sousa Norte: Alterada abordagem clínica das pessoas com suspeita e infeção confirmada à Covid-19
Fotografia ilustrativa

(C/VÍDEO) ACES Vale do Sousa Norte: Alterada abordagem clínica das pessoas com suspeita e infeção confirmada à Covid-19

Partilhar por:

O Agrupamento de Centros de Saúde Tâmega III – Vale do Sousa Norte informa que, tendo em conta a evolução do conhecimento científico sobre a nova variante Ómicron, “foram ajustadas as medidas de saúde pública aplicadas aos contactos de casos confirmados e ainda alterada a abordagem clínica das pessoas com suspeita e infeção confirmada por SARS-CoV-2”.

O ACES Vale do Sousa Norte reforça, em comunicado que as “novas abordagens fundamentam-se na evidência crescente, particularmente ao nível dos fatores determinantes da infecciosidade e gravidade da doença, no atual contexto epidemiológico e de elevada cobertura vacinal contra a Covid-19”, salientando que “estas novas estratégias assentam-se sobretudo na autorresponsabilização pessoal e autovigilância da população, para que, perante a avalanche de casos diários prevista para as próximas semanas, os cuidados de saúde possam direcionar a sua resposta para as situações de maior gravidade clínica e as populações de maior vulnerabilidade social”.

ACES Vale do Sousa Norte: Alterada abordagem clínica das pessoas com suspeita e infeção confirmada à Covid-19
Fotografia ilustrativa

O Agrupamento de Centros de Saúde Norte apela a “todos para que partilhem pelos contactos pessoais e institucionais os novos procedimentos, para que toda a população esteja devidamente informada sobre o que fazer na eventualidade de ser um Caso covid ou de ter um contacto próximo com um caso confirmado desta doença”.

O agrupamento declara, ainda que “atendendo à situação epidemiológica atual da Covid-19 causada pela circulação da variante de elevada transmissibilidade Ómicron, a Direção-Geral da Saúde adaptou as medidas para uma intervenção dos cuidados de saúde assente em prioridades e que integram as potencialidades das ferramentas informáticas existentes, permitindo assim aumentar a eficiência e um melhor nível de preparação para responder à pandemia”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!