Novum Canal

mobile

tablet

Beatriz Roxo (Academia de Ciclismo de Paredes) foi terceira no Troféu Internacional Bento Pessoa
Fotografia: Academia de Ciclismo de Paredes (foto de arquivo)

(C/VÍDEO) Beatriz Roxo (Academia de Ciclismo de Paredes) foi terceira no Troféu Internacional Bento Pessoa

Partilhar por:

A atleta Beatriz Roxo, da Academia de Ciclismo de Paredes, foi terceira classificada no omnium feminino, no Troféu Internacional Bento Pessoa, que decorreu no Velódromo Nacional, em Sangalhos, Anadia, numa competição dominada por Daniela Campos (Bizkaia-Durango), que venceu todas as provas, somando um total de 159 pontos.

A Federação Portuguesa de Ciclismo destaca, em comunicado, que a “regularidade deu à espanhola Isabella Escalera (Club JVC Neira-Sporting) o segundo lugar, com 147 pontos. Já Beatriz Roxo (Academia de Ciclismo de Paredes) concluiu a prova na terceira posição”.

Ainda de acordo com a Federação, a temporada de pista 2020/2021 arrancou, com a Índia a destacar-se em elite, dominando o keirin e o sprint, numa prova que contou com dez países participantes.

 A “equipa nacional indiana mostrou a sua soberania nas provas de velocidade. Na prova de sprint a Índia ocupou os três lugares do pódio, com David Beckhame (India National Track Cyclign Team) a vencer sobre os colegas de equipa, Esow Esow e Yanglem Singh”, lê-se no comunicado quer nos foi endereçado.

“No keirin a vitória ficou para Laitonjam Singh (India National Track Cycling Team), com o irlandês Conor Rowley (Blackburn Cycling Club) a intrometer-se no segundo lugar do pódio, na frente do indiano David Beckhame (India National Track Cycling Team)”, refere a federação em nota informativa que esclarece que a “prova de omnium masculino arrancou com uma vitória para César Martingil (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), que repetiu o feito na corrida tempo, chegando assim à terceira prova na liderança da geral”.

Já “Ivo Oliveira (UAE Team Emirates), que regressou após uma longa paragem devido a lesão, venceu a corrida de eliminação, mas não conseguiu tirar a liderança a Martingil, que seguiu para a última prova do concurso de omnium ainda na primeira posição”.

Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo

“O corredor continuava imparável e respondeu a todos os ataques que surgiram, garantindo a vitória, com 157 pontos. Ivo Oliveira foi segundo, com 145 pontos, e o britânico Josh Charlton (Team Inspired) fechou na terceira posição”, acrescenta o comunicado.

Na prova de madison a “dupla britânica composta por Joshua Giddings e Josh Charlton (Team Inspired) não deu qualquer hipótese aos adversários, conquistando a vitória, depois de ganharem 10 dos 12 sprints que compunham a prova. O segundo lugar ficaria para a dupla de Ivo Oliveira e César Martingil, com Rodrigo Caixas e Diogo Narciso a fecharem na terceira posição”.

Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo

“Hoje estiveram ainda em competição juniores e cadetes (masculinos e femininos) a disputarem as provas de scratch e eliminação. O scratch e a eliminação da categoria de juniores foram dominadas por Isabella Escalera e João Martins (Academia de Ciclismo de Paredes), que venceram ambas as provas, nos respectivos setores, feminino e masculino.”, acresceta a nota de imprensa que sustenta que já na categoria de cadetes masculinos foi “Gabriel Batista (Landeiro/KTM/Matias&Araújo/Frulact) a levar a melhor, vencendo tanto o scratch como a eliminação”.

“ No feminino o equilíbrio foi maior, com Ana Marques a vencer o scratch Beatriz Ferreira a eliminação, ambas da equipa ACD Milharado/Driveonholidays Mafra)”, confirma a mesma nota de imprensa.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!