Novum Canal

mobile

tablet

Lousada: Natalia Szabanin surpreende e atinge os quartos-de-final
Fotografia: créditos Cirilo Vale/AT Porto)

Lousada: Natalia Szabanin surpreende e atinge os quartos-de-final

Partilhar por:

A tenista húngara Natalia Szabanin, de apenas 18 anos, protagonizou a maior surpresa da jornada de quinta-feira do Lousada Indoor ao afastar a espanhola Guiomar Maristany, primeira cabeça-de-série, em apenas dois sets, pelos parciais de 6-3 e 6-2.

A Associação de Ténis do Porto destaca, em comunicado, que “Maristany, que já tinha experenciado inúmeras dificuldades no encontro com a suiça Karamoko, foi assim prematuramente eliminada de uma prova onde partia como favorita, mas na qual nunca conseguiu mostrar os seus argumentos tenísticos”.

“Já Szabanin, que está no derradeiro ano como júnior, mostrou argumentos para discutir o título apesar de ainda lhe falta a experiência, fundamental para os momentos decisivos”, refere na nota informativa que nos endereçou, salientando que “quem parece estar imparável é a sul-coreana Yeonwoo Ku”.

“A tenista que se mudou para Valência a meio do ano, aplicou claros 6-0 e 6-0 a Celia Cervino Ruiz, a tenista galega que já venceu em Lousada (2019) e que apesar de tudo tentar, nunca conseguiu encontrar soluções para a assertividade de Ku”, acrescenta o comunicado.

A Associação de Ténis do Porto realça que “outra tenista a ter em conta nesta primeira prova é a francesa Amandine Monnot. A tenista de Grenoble foi implacável ante a compatriota Emma Lene, a qual venceu por claros 6-1 e 6-0”.

“Menos bem estiveram Elizabet Hamaliy e Matilde Jorge. Apesar de terem lutado, ambas as tenistas do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis, não conseguiram contrariar o poderio da japonesa Himeno Sakatsume e da turca Ayla Aksu, respetivamente”, sublinha a Associação de Ténis do Porto realçando que “Hamaliy perdeu por um duplo 6-4 com a nipónica, ao passo que a mais nova das irmãs Jorge só no primeiro set foi capaz de esgrimir argumentos com a mais experiente adversária, que triunfou por 7-6 (5) e 6-1”.

Fotografia: créditos Cirilo Vale/AT Porto)

Já a “experiente jogadora italiana, Angelica Moratelli, superou a irreverente holandesa Jasmijn Gimbrere, derrotando a sua oponente por 6-4 e 6-2, a outra japonesa que ainda está em Lousada, Ayumi Koshiishi, foi mais capaz que a bielorussa Kseniya Yersh, e, finalmente, a eslovena Ziva Falkner, levou de vencida a lituana Iveta Dapkute, por 6-2 e 6-4”.

Na variante de pares, a “portuguesa Inês Murta volta a estar na fase decisiva do torneio. Depois de ter sido vice-campeã no Funchal, na semana passada, num torneio dotado com 25 mil dólares, a algarvia, ao lado da indiana Vasanti Shinde, já está nas meias-finais, depois do triunfo sobre as lusas Mariana Campino e Maria Santos, por 6-3 e 6-2”.

As tenistas “Murta e Shinde aguardam pelo desfecho do duelo entre a letã Anna Ozerova e a bielorussa Yersh e a romena Bulgaru e a húngara Szabanin para ficar a conhecer a dupla adversária de hoje”

“No lado superior do quadro a formação gaulesa composta por Emma Lene e Diana Martynov já está nas semifinais onde aguarda o desfecho do embate que opõe Jasmijn Gimbrere (Holanda)/Naima Karamoko (Suiça) a Margaux Komano (França)/Almudena Sanz (Espanha)”, declara a Associação de Ténis do Porto.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!