Novum Canal

mobile

tablet

Elizabet Hamaliy e Matilde Jorge nos oitavos-de-final

Partilhar por:

São para já duas as tenistas portuguesas apuradas para a segunda ronda deste LOUSADA INDOOR OPEN I. Com estreias muito positivas, quer Elizabet Hamaliy, quer Matilde Jorge, conseguiram vencer os seus encontros, mostrando que estão no bom caminho numa das derradeiras provas do ano.

Coube a Elizabet Hamaliy abrir o dia defrontando a eslovaca Ingrid Vojcinakova. A portuguesa, que parece ter regressado em pleno depois da lesão, entrou muitíssimo bem, conseguindo aliar um jogo quase perfeito a um resultado muito positivo (6-1) no primeiro set. Porém, abrandou o ritmo na segunda partida, deixando-se surpreender pela eslovaca, que percebeu a sua momentânea falta de confiança para igualar o encontro, por 4-4.

Depois, no terceiro e decisivo set, a perder por 2-0, Hamaliy regressou ao registo inicial, empenhando-se totalmente e fechando o encontro por 6-4, naquela que é uma motivadora vitória.

Fotografia: Cirilo Vale/AT Porto

Igualmente nos oitavo-de-final está Matilde Jorge. A vimaranense, que joga em casa, tinha pela frente uma adversária que conhece bem: Mariana Campino. Num duelo que é sempre muito disputado e de resultado imprevisível, Jorge esteve sempre por cima no marcador e nem precisou de três sets (como é habitual), para levar de vencida a tenista lisboeta (6-4 e 6-4).

Sara Lança e Mafalda Guedes foram prematuramente afastadas na primeira ronda, com Lança a perder para a lituana Iveta Dapkute, por 6-2 e 6-1, ao passo que a esquerdina Mafalda Guedes não conseguiu materializar o que tem feito nos treinos e cedeu para a francesa Emma Lene, por 6-2 e 6-1.

Entretanto, a grande surpresa do dia foi protagonizada pela francesa Amandine Monnot. A tenista que está no modesto 1128.º posto do ranking mundial, afastou em apenas dois sets a romena Miriam Bianca Bulgaru, por claros 6-2 e 6-1, numa prova de que o ranking não vence encontros. Bulgaru, segunda cabeça-de-série e 405.ª WTA, não encontrou argumentos para contrariar a gaulesa, sempre muito concentrada e com uma eficácia tremenda.  A espanhola Celia Cervino Ruiz, vencedora desta prova em 2019, teve uma estreia auspiciosa, batendo a italiana Valentina Gaggini, por 6-4 e 7-5.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!