Novum Canal

mobile

tablet

Casa do Povo de Sobreira e delegação da Cruz Vermelha estabelecem protocolo solidário
Fotografia: Casa do Povo de Sobreira

Casa do Povo de Sobreira e delegação da Cruz Vermelha estabelecem protocolo solidário

Partilhar por:

A Comissão Administrativa da Casa do Povo de Sobreira estabeleceu,  esta semana, um protocolo com a Cruz Vermelha – Delegação da  Sobreira que irá disponibilizar uma equipa de Apoio Psicossocial para os atletas  do clube.

A Casa do Povo de Sobreira destaca, em comunicado, que o protocolo tem por objetivo “estabelecer, entre as duas entidades, as  bases da cooperação a colaboração e de atuação na área de apoio  social, psicossocial, saúde, educação e emergência social”.

O presente protocolo permitirá que a Casa do Povo de Sobreira tenha  “uma equipa de apoio psicossocial a acompanhar os atletas, equipas  técnicas e pais, através da organização de ações de sensibilização,  workshops, entre outras atividades”.

Fotografia: Casa do Povo de Sobreira

A Casa do Povo de Sobreira adianta que a Comissão  Administrativa, a gerir os destinos do clube desde julho de 2018, tem vindo a “desenvolver parcerias com entidades locais e  nacionais que dotem o clube de mais valências, contribuindo para o  desenvolvimento evolutivo dos seus atletas, treinadores e dirigentes”.

Citado em comunicado, Rui Carvalho, membro da Comissão  Administrativa da Casa do Povo de Sobreira., avança que o objetivo da instituição “sempre foi e será criar oportunidades para que o clube  seja cada vez mais uma referência, para o efeito, temos ao longo do  último ano criado sinergias com entidades locais, regionais e nacionais  que permitam aumentar a oferta de serviços a todos os que representam  a Casa do Povo de Sobreira”.

A Casa do Povo de Sobreira reforça que Saúde Mental no Desporto é um “projeto criado pela EAPSI (Equipa de Apoio  Psicossocial) da Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação Sobreira  constituída por uma equipa multidisciplinar”, que visa “promover a saúde mental no desporto focando em alguns aspetos como a  resiliência, cooperação, interação, autoconfiança, autorregulação e motivação dos atletas, bem como dotar os familiares e agentes  desportivos com estratégias adaptativas que potenciem a inteligência  emocional na performance desportiva. Estes por sua vez vão poder beneficiar de uma intervenção psicológica focada na área do desporto, sendo um fator diferenciador na formação e na vida dos atletas”.

A instituição concretiza que o “presente protocolo permitirá ainda que os treinadores e as equipas técnicas tenham acesso a workshops de primeiros socorros que visam adquirem conhecimentos para uma atuação mais rápida junto dos atletas”.

Fotografia: Casa do Povo de Sobreira

A coletividade manifesta, por outro lado, “uma das vertentes do protocolo visa a cooperação entre as instituições na resposta à emergência social”, sendo que o “programa designado de “Clube Solidário” visa a criação de sensibilização para o voluntariado jovem e para a criação de iniciativas de recolha de produtos alimentares e/ou  géneros em dias de jogos do clube. As ações serão organizadas durante um fim-de-semana de jogos, transversal às modalidades do clube, Andebol, Hóquei em Patins e Patinagem Artística, com a periodicidade bimensal”.

Citada e comunicado, Alberta Rodrigues, delegada Especial da Cruz Vermelha –  Delegação da Sobreira, “a Cruz Vermelha Portuguesa é uma instituição humanitária de caracter voluntário, tendo como objetivo prestar assistência humanitária e social. Estas parcerias ajudam a criar laços com a Comunidade local e permitem que as Instituições Locais trabalhem em prol de um bem comum”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!