Novum Canal

mobile

tablet

Rota do Românico e Jangada Teatro apresentam Pedras de Memória
Fotografia: Rota do Românico

Rota do Românico e Jangada Teatro apresentam Pedras de Memória

Partilhar por:

“Pedras de Memória” é o título do novo espetáculo da Jangada Teatro produzido para a Rota do Românico.

A Rota do Românico destaca, em comunicado, que  a peça tem texto e encenação de Luiz Oliveira e “assume-se como uma incursão pelo património imaterial dos vales do Sousa e Tâmega, envolvendo atores profissionais e amadores, em seis apresentações durante o mês de outubro”.

A sinopse destas “Pedras de Memória” reforça que “a História da humanidade está repleta de histórias: umas pitorescas e caricatas, outras rocambolescas e extremamente teatrais”.

“Pedras de Memória” assenta sobre esse universo verosímil, escrito nas pedras dos monumentos e na memória preservada pela literatura oral. Este objeto teatral ancora-se em algumas lendas do Tâmega e Sousa, servindo o património arquitetónico do românico como palco das peripécias protagonizadas por mouras encantadas, santas e casais de namorados”, lê-se no comunicado que nos foi endereçado.

O enredo, inspirado nas lendas do românico, procura “fixar na dramaturgia uma parte do património imaterial. O espetáculo, em complemento, é trazido para a contemporaneidade através dos dispositivos cénicos, do jogo teatral, do humor, do canto e da música ao vivo”

Rota do Românico e Jangada Teatro apresentam Pedras de Memória
Fotografia: Rota do Românico

A organização destaca que o “projeto “Pedras de Memória” enquadra-se na operação EEC PROVERE Turismo para Todos: Valorização, dinamização e promoção turística da região, cofinanciada pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER)”.

A estreia está agendada para a próxima sexta-feira, 15, às 21h30, no Museu Municipal de Penafiel. No dia seguinte, sábado, às 18h, o espetáculo terá como cenário o auditório do Centro Cultural Marcelo Rebelo de Sousa, em Celorico de Basto. No domingo, às 16h, o “Pedras de Memória” é apresentado na Escola Secundária de Lousada, a vila que acolhe a sede da Jangada Teatro, companhia fundada em 1999.

Para o fim de semana seguinte estão guardadas as três atuações finais previstas: sexta-feira, 22, às 21h30, no auditório da Biblioteca Municipal de Felgueiras; sábado, 23, às 21h30, na Casa da Cultura de Paredes, e, por último, domingo, 24, às 16h, no auditório da Associação de Socorros Mútuos Freamundense, em Freamunde, Paços de Ferreira.

A Rota do Românico reúne, atualmente, 58 monumentos e dois centros de interpretação, distribuídos por 12 municípios dos vales do Sousa, Douro e Tâmega (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende), no Norte de Portugal.

As principais áreas de intervenção da Rota do Românico abrangem a investigação científica, a conservação do património, a dinamização cultural, a educação patrimonial e a promoção turística.

A entrada é gratuita, condicionada à lotação dos espaços, por ordem de chegada.

A peça conta com as interpretações de “António Cunha, Bel Viana, Filipe Pinto, Joana Santos, João Faria, Kika Penas Ferreira, Luiz Oliveira, Natércia Seixas e Teresa Seco”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!