Novum Canal

mobile

tablet

CIM do Tâmega e Sousa apostada em promover competitividade das PME através de projeto europeu
Fotografia: CIM Tâmega e Sousa

CIM Tâmega e Sousa apostada em promover competitividade das PME através de projeto europeu

Partilhar por:

A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) marcou presença na quinta visita de estudo realizada no âmbito do DigiBEST – Digital Business EcoSystem Transformation, que decorreu no dia 30 de setembro, no âmbito do projeto europeu na área da promoção da competitividade das PME através da sua transformação digital.

A CIm Tâmega e Sousa destaca, em comunicado, que a “visita foi organizada pela Svilluppo Basilicata SPA – Agência de Desenvolvimento Regional, parceiro italiano deste projeto. Devido à pandemia de COVID-19, a visita decorreu em formato online”.

A CIM Tâmega e Sousa reforça que “foco da visita assentou na apresentação de duas boas práticas implementadas por entidades públicas e privadas da região de Basilicata, Itália, focadas no aumento da competitividade e espectro de mercado das PME, através da introdução de tecnologias de informação e comunicação nos seus negócios”.

 “Além de casos de sucesso no tecido empresarial de Basilicata, estes dois exemplos revestem-se de interesse para outras regiões europeias, nomeadamente para o Tâmega e Sousa, pelo seu potencial de replicabilidade no nosso território”, refere a nota informativa.

Fotografia: CIM Tâmega e Sousa

A agenda da visita incluiu a participação de “quatro empresas que operam em Basilicata, reconhecidas como casos de sucesso de transformação digital ao nível dos equipamentos para a ferrovia e para o setor automóvel, com soluções mais sustentáveis, capazes de garantir um transporte seguro e confortável, mas também na área do audiovisual, com uma aposta nos efeitos visuais digitais e nas reconstruções e simulações virtuais para o setor cinematográfico, e ainda no setor agroalimentar, onde os investimentos no digital têm servido para monitorar os fatores que determinam a qualidade dos produtos”.

Recorde-se que, no âmbito do projeto DigiBEST, a “CIM do Tâmega e Sousa assumiu a organização da primeira visita de estudo, que decorreu nesta região em dezembro de 2019. A segunda visita de estudo foi organizada pela Província de Granada, Espanha, em novembro do ano passado, sendo em formato online”.

“A terceira e quarta visita, que ocorreram este ano, foram organizadas pelo Ministério da Proteção Ambiental e Desenvolvimento Regional da República da Letónia e pela Região de Trøndelag da Noruega, ambas em formato online”, avança o comunicado que nos foi endereçado que sublinha que “DigiBEST é um projeto de cooperação inter-regional para a melhoria da política de promoção da competitividade das PME, cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e pelo Governo da Noruega, através do programa INTERREG EUROPE”.

O principal objetivo do projeto passa por “promover a competitividade das PME através da sua transformação digital, propondo soluções para aumentar sua capacidade de usar tecnologias avançadas e novas abordagens de negócios inovadoras, traduzindo-se na melhoria do desenvolvimento económico geral e do emprego”.

A par da CIM do Tâmega e Sousa, integram o projeto o “Ministério da Proteção Ambiental e Desenvolvimento Regional da República da Letónia, a Universidade da Letónia, a Região de Trøndelag (Noruega), a Svilluppo Basilicata SPA – Agência de Desenvolvimento Regional (Itália), a Província de Granada (Espanha) e a instituição financeira Austria Wirtschaftsservice Gesellschaft (Áustria).

O projeto DigiBEST é cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do programa Interreg Europe”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!