Novum Canal

mobile

tablet

Maioria das limitações à atividade caiu a partir desta sexta-feira
Fotografia: AHRESP

Maioria das limitações à atividade cai a partir desta sexta-feira

Partilhar por:

Desaparecem a partir desta sexta-feira a maioria das restrições impostas pelo Governo e pela autoridade  nacional de saúde., passando o país do estado de contingência para o de alerta», de acordo com o plano apresentado em 29 de julho.

O Conselho de Ministros aprovou, no dia 23 de setembro, a resolução que declarou a situação de alerta em todo o território nacional continental até às 23h59 de 31 de outubro de 2021.

À data o primeiro-ministro, António Costa, em conferência de imprensa, recordou que “atingindo o patamar de 85% da população vacinada e face à estratégia gradual de levantamento de medidas de combate à pandemia da doença Covid19, decidiu-se já a partir desta sexta-feira, pela “abertura de bares e discotecas; restaurantes sem limite máximo de pessoas por grupo; fim da exigência de certificado digital ou teste negativo para acesso a restaurantes”, assim como o “fim dos limites em matéria de horários”.

Desaparecendo a generalidade das limitações impostas pela lei, o Governo decidiu, também, terminar com o “fim dos limites de lotação, designadamente para casamentos e batizados, comércio e espetáculos culturais”.

Apesar do aligeirar das restrições, mantém a necessidade de apresentar certificado para viagens por via aérea ou marítima,  visitas a lares e estabelecimentos de saúde, grandes eventos culturais, desportivos ou corporativos, bares e discotecas”.

Fotografia: AHRESP

O Conselho de Ministros optou, também, pela “eliminação da recomendação de teletrabalho; a eliminação da testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores, fim da limitação à venda e consumo de álcool; fim da necessidade de certificado ou teste nas aulas de grupo em ginásios”.

Mantém-se a “obrigatoriedade de uso de máscara em transportes públicos, estruturas residenciais para pessoas idosas, hospitais, salas de espetáculos e eventos e grandes superfícies”.

Mantém-se igualmente “obrigatório o uso de máscaras na utilização de transportes coletivos de passageiros, incluindo o transporte aéreo”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!