Novum Canal

mobile

tablet

Fotografia: AHRESP

AHRESP defende que ADAPTAR Turismo deve ser majorado para empresas de animação noturna

Partilhar por:

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) defende que o programa ADAPTAR Turismo deve ser majorado para empresas de animação noturna.

 “A AHRESP aplaude o programa ADAPTAR Turismo, anunciado recentemente pelo Governo e que se traduz num incentivo financeiro a fundo perdido até 15 mil euros por empresa, destinado a pequenos investimentos, para que as empresas do setor possam adequar a sua oferta às novas condições de operação. Contudo, defendemos que as empresas da animação noturna (bares e discotecas) beneficiem de uma majoração no apoio a conceder, à semelhança do que aconteceu no programa Apoiar.PT.”, refere a associação.

“ Estas empresas preparam-se para reabrir portas após mais de um ano e meio de encerramento obrigatório e faturação zero, e a requalificação dos espaços e equipamentos será uma necessidade absoluta, o que implica investimentos significativos para a tão esperada reabertura. É assim da maior importância que o programa ADAPTAR Turismo considere estas despesas como elegíveis e aplique uma majoração no apoio a conceder”, acrescenta a AHRESP.

Fotografia: AHRESP

A associação esclarece, em comunicado, que a “animação noturna deve poder aceder ao novo Incentivo à Normalização da Atividade”.

“A AHRESP defende que seja aberto um novo período de candidaturas ao novo Incentivo à Normalização da Atividade Empresarial, atribuído pelo IEFP, destinado exclusivamente às empresas que mantiveram a sua atividade encerrada por obrigação legal até 30 de setembro de 2021, como é caso da animação noturna (bares e discotecas) e, por isso, não recorreram a este incentivo dentro dos prazos estipulados. Este apoio, no montante de 2 salários mínimos por trabalhador, reveste-se de mais uma importante alavanca para a retoma da atividade da animação noturna, após mais de um ano e meio completamente encerrada”, refere.

A instituição esclarece, ainda, que realizam-se, esta quinta-feira, entre as 15 e as 18 horas, para a eleição dos novos órgãos sociais da AHRESP, Comissões Diretivas Setoriais e Comissões Diretivas Distritais.

“Esta é uma votação particularmente importante num momento em que se perspetivam tempos difíceis para as nossas atividades, com uma retoma lenta, uma fiscalidade exigente e custos de contexto pesados. Só através do voto massivo dos nossos associados se dá mais força à nossa representatividade, fazendo com que a AHRESP, cada vez mais, seja ouvida na defesa das atividades que representa, facto que assume uma particular importância na presente conjuntura”, avança a associação que concretiza que para facilitar o exercício deste direito, “dispõe de vários locais de voto, um pouco por todo o país”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!