Novum Canal

mobile

tablet

Nelson Oliveira e Rafael Reis abrem participação portuguesa no Mundial
Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo

Nelson Oliveira e Rafael Reis abrem participação portuguesa no Mundial

Partilhar por:

Nelson Oliveira e Rafael Reis abrem, neste domingo, a participação nacional no Campeonato do Mundo de Estrada, que decorre, até dia 26, na região belga da Flandres.

A Federação Portuguesa de Ciclismo destaca, em comunicado, que “os dois portugueses integram a lista de inscritos no contrarrelógio individual para a categoria de elite, que irá ligar a praia de Knokke-Heist, banhada pelo Mar do Norte, ao centro histórico de Bruges”.

“Para os milhares de adeptos que já enchem as esplanadas da cidade de chegada, os 43,3 quilómetros de exercício individual prometem ser uma festa e um excelente espectáculo. Para os corredores será quase uma hora de sofrimento contínuo em cima da bicicleta, fazendo da gestão do esforço o maior segredo para uma boa prestação”, refere a federação que esclarece que “Rafael Reis será o primeiro português a ir para a estrada, tendo a partida marcada para as 13h59m30s. Nelson Oliveira será um dos últimos inscritos a competir, deixando a rampa de saída às 14h53m30s”.

A estrutura que gere o ciclismo nacional relembra que “Nelson Oliveira já terminou entre os dez melhores em mundiais de contrarrelógio em 2014, 2017, 2018 e 2019”, salientando que o objetivo em 2021 é voltar a “colocar-se no lote da melhor dezena de especialistas mundiais”.

Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo

“O percurso totalmente plano não favorece o anadiense, mas a longa distância dá esperança ao representante de Portugal, porque faz com qua inteligência de corrida e a correta gestão das capacidades tenham uma palavra a dizer no resultado final”, avança a federação que sublinha que “Rafael Reis estreia-se em contrarrelógios de elite no Campeonato do Mundo, mas sendo um especialista na disciplina e conhecendo-se bem, sabe o que terá de fazer para conseguir uma prestação de qualidade”.

Na tarde de segunda-feira arranca o contrarrelógio de elite feminina, numa extensão de 20 km/h, com Daniela Campos, sub-23 de primeiro ano, a fazer o “contrarrelógio mais longo da carreira até este momento, 30,3 quilómetros, com partida e chegada nos mesmos locais da prova masculina”.

Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo

Calendário de corridas com participação portuguesa

19 de setembro, 13h30: Contrarrelógio Elite Masculina: Knokke-Heist – Bruges, 43,3 km

20 de setembro, 13h40: Contrarrelógio Elite Feminina: Knokke-Heist – Bruges, 30,3 km

21 de setembro, 13h55: Contrarrelógio Juniores Masculinos: Knokke-Heist – Bruges, 22,3 km

24 de setembro, 7h15: Prova de Fundo Juniores Masculinos: Lovaina – Lovaina, 121,8 km

24 de setembro, 12h25: Prova de Fundo Sub-23: Antuérpia – Lovaina, 160,9 km

25 de setembro, 7h15: Prova de Fundo Juniores Femininas: Lovaina – Lovaina, 75 km

25 de setembro: 12h20: Prova de Fundo Elite Feminina: Antuérpia – Lovaina, 157,7 km

26 de setembro: 10h25: Prova de Fundo Elite Masculina: Antuérpia – Lovaina, 268,3 km


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!