Novum Canal

mobile

tablet

Autarcas da região associam-se às manifestações de pesar pela morte de Jorge Sampaio
Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

Autarcas da região associam-se às manifestações de pesar pela morte de Jorge Sampaio

Partilhar por:

As manifestações de dor e consternação pelo desaparecimento, na última sexta-feira, do ex-Presidente da República, Jorge Sampaio, continuam a serem expressas em  toda a região do Tâmega e Sousa, com vários autarcas a lamentarem a morte do ex-chefe de Estado.

O presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Antonino de Sousa, numa curta mensagem, que partilhou na página oficial da autarquia, informou que endereçou já à “família as mais sentidas condolências pelo falecimento do ex-chefe de Estado”.

Também o município de Cinfães assumiu ter recebido “com tristeza a notícia do falecimento do ex-Presidente da República, Jorge Sampaio.

“Reconhecendo uma vida dedicada e o trabalho desenvolvido em prol do País fica a nossa homenagem, endereçando sentidas condolências à família e amigos”, lê-se numa curta mensagem deixada na página oficial do município.

Fotografia: Câmara de Penafiel

A autarquia de Castelo de Paiva expressou, igualmente, à família e amigos “sentidas e profundas condolências pelo falecimento do Ex-Presidente da Republica, Jorge Sampaio”.

O município paivense refere-se ao ex-Presidente da República como “uma das figuras cimeiras da política Portuguesa nas últimas décadas, tendo sido determinante na luta antifascista, quer como estudante, quer como advogado de prisioneiros políticos do antigo regime”.

O executivo municipal relembra que “após a conquista da democracia pelo Povo Português, em 25 de abril de 1974, foi deputado da Assembleia da República, foi Presidente do Município de Lisboa, Secretário-geral do Partido Socialista e foi, por duas vezes, eleito Presidente da República”.

“Mais recentemente foi nomeado pela ONU Enviado Especial para a Luta contra a Tuberculose e Alto Representante da ONU para a Aliança das Civilizações”, avança a autarquia, confirmando que o ex-chefe de Estado foi uma “figura incontornável e inspiradora da história de Portugal e de um momento particularmente difícil para o nosso concelho, homem de causas e artífice da democracia, o Dr. Jorge Sampaio é credor da estima e gratidão eternas de todos aqueles, que como ele, lutam denodadamente pelos valores da cidadania, da diversidade e da dignidade humana”.

O município de Amarante manifestou, igualmente, profundo pesar pelo falecimento do Jorge Sampaio, decretando, em justa homenagem, três dias de luto municipal.

“A todos os que sentem esta perda, muito particularmente à família, o município expressa as mais sentidas condolências”, lê-se na curta mensagem que a autarquia partilhou na sua página online.

A autarquia do Marco de Canaveses destacou que município, em reunião de 10 de setembro, e a Assembleia Municipal, de 11 de setembro, manifestou o seu “profundo pesar pelo falecimento de Jorge Sampaio”.

“Jorge Fernando Branco de Sampaio desempenhou, ao longo da sua vida, os mais altos e relevantes cargos públicos da Nação. Uma referência na luta pela liberdade e democracia, figura ímpar e inesquecível da História de Portugal Contemporâneo”, esclarece o município que refere que Jorge Sampaio foi uma “personalidade incontornável da política, da advocacia e da sociedade portuguesa”.

Refira-se que Jorge Sampaio foi agraciado com a Medalha de Ouro do Concelho do Marco de Canaveses, distinção que lhe confere o título de Cidadão Honorário do Marco de Canaveses, e atribuição das Chaves da Cidade, conforme deliberação municipal de 7 de novembro de 2005.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!