Novum Canal

mobile

tablet

22 equipas disputam terceira fase e final do Nacional de Andebol de Praia em Paredes

Reportagem (c/vídeo) – 22 equipas disputam terceira fase e final do Nacional de Andebol de Praia em Paredes

Partilhar por:

12 equipas masculinas e 10 femininas vão disputar em Paredes, no Campo de Areia do Parque da Cidade, a terceira fase e a fase final do Campeonato Nacional de Andebol de Praia feminino e masculino, competição organizada pelo município e a Federação de Andebol de Portugal.

Os jogos da 3.ª fase serão disputados nos dias 7 e 8 agosto e da fase final nos dias 14 e 15 agosto.

O presidente da Câmara de Paredes, Alexandre Almeida, destacou que o andebol é já uma modalidade de eleição no concelho, com visibilidade crescente, havendo já um número significativo de atletas que praticam a modalidade.

“O futebol, de facto, ocupa o protagonismo em termos de modalidade, mas o andebol e a frequência de cada vez maior de atletas femininas tem permitido promover um maior ecletismo”, disse, salientando que foi na formação que as adversidades da crise sanitária mais se fizeram sentir, com inúmeros atletas a ficarem privados de praticar esta modalidade.

“Fico agradado que, através destas iniciativas, os jovens do andebol possam voltar a competir e a fazerem a sua formação através da prática da modalidade”, disse, recordando que o Torneio Internacional Paredes Handball Cup, promovido e organizado em parceria pelo município de Paredes, cuja primeira edição decorreu em 2018, é bem um exemplo da aposta do município na promoção da modalidade.

22 equipas disputam terceira fase e final do Nacional de Andebol de Praia em Paredes

O chefe do executivo relembrou, também, que o apoio à modalidade e a visibilidade que a mesma tem hoje permitiu fazer com que outros clubes surgissem no concelho.

“Tínhamos só o Clube  Andebol de Baltar, mas depois surgiram o Casa do Povo da Sobreira, o Sport Clube Nun’Alvares – Andebol Feminino, o Promov Rebordosa Andebol, e isso evidencia claramente a aposta que foi feita nesta modalidade”, expressou, apontado a criação de novas infraestruturas, como o pavilhão multiusos, como tendo sido decisivas na escolha de Paredes por parte da Federação de Andebol de Portugal para a realização desta prova.

O vice-presidente da Federação de Andebol de Portugal, Augusto Silva, manifestou que Paredes tem claramente um histórico significativo na organização de eventos como este, apontando o Torneio Internacional Paredes Handball Cup como em exemplo de sucesso, reconhecido por vários agentes e atores da modalidade.

“Nos últimos anos e de forma crescente, o andebol tem adquirido uma crescente visibilidade no concelho de Paredes e logicamente que a Federação não poderia ficar de olhos fechados e assim que surgiu a possibilidade de avançarmos com este evento não hesitamos e avançamos com dois eventos desportivos que são de uma importância acrescida”, afiançou.

Augusto Silva admitiu, ainda, que a crise sanitária acabou por ter impactos ao nível da modalidade e dos seus executantes.

“Tivemos quebras no indoor, no andebol de praia, mas acreditamos que iremos recuperar rapidamente e estamos a trabalhar para isso”, avançou, relevando, ainda, que além da aposta nestes dois eventos, o Multiusos irá acolher, em outubro, um Portugal-Espanha, em andebol feminino, partida pontuável para o Campeonato da Europa.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!