Novum Canal

mobile

tablet

Nuno Araújo em Montalegre com o objetivo de conquistar um lugar no pódio
Fotografia: EQS Racing Team

Nuno Araújo em Montalegre com o objetivo de conquistar um lugar no pódio

Partilhar por:

Depois da excelente exibição na prova anterior, em Sever do Vouga, Nuno Araújo, piloto de Penafiel, que defende as cores do ENI/EQS Racing Team, ao volante do Audi A1 S1600, chega a Montalegre como um dos destaques na Divisão Super 1600 do Campeonato de Portugal de Rallycross by Diatosta.

Citado em comunicado, o piloto penafidelense destaca estar “pronto para enfrentar a exigente pista de Montalegre, onde costuma assinar excelentes exibições, desde que há uns anos aderiu ao rallycross”, depois da exibição notável em Sever do Vouga.

A quarta prova da temporada começa este sábado, prolongando-se até ao fecho da tarde de domingo.

A nota enviada ao Novum Canal destaca, mesmo que, “no seu regresso às competições, após uma prova ausente, foi um dos protagonistas maiores da luta pela supremacia na “divisão rainha” da modalidade, até ao momento em que um problema mecânico que vinha a afetar a sua performance quase desde o início das mangas de qualificação, o arredou definitivamente da luta pela vitória já na semifinal”.

Falando do Audi A1 S1600, Nuno Araújo declara que é um “carro fabuloso, mas que exige um período de adaptação para que se possa extrair todo o potencial.”

Sei que ainda há um longo caminho pela frente”, acrescenta.

Nuno Araújo em Montalegre com o objetivo de conquistar um lugar no pódio
Fotografia: EQS Racing Team

O piloto assume estar satisfeito pelo que tem conseguido fazer em pista.

“Sobretudo com o que fiz em Sever do Vouga e que me faz sentir e à equipa que estamos no caminho certo!”, acrescenta.

“O problema mecânico surgido em Sever já está debelado. Obrigou a equipa técnica a um trabalho redobrado, no período que mediou entre a prova de Sever e esta prova em Montalegre, e como tal vou para a pista com toda a confiança e pronto para dar tudo. Foram fantásticos e quero lhes retribuir com uma boa exibição e um resultado a condizer”, sublinha, salientando que “chegar à final é objetivo inicial, sem enjeitar estar na luta pelo pódio”.

 “Paulatinamente aumentar o ritmo, e não enjeito a possibilidade de lutar pelos lugares cimeiros. Quero sobretudo chegar à final, e aí, se tudo correr pelo melhor, poder lutar por um resultado que seja significativo, o que passa por lutar por uma presença no pódio”, afirma.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!