Novum Canal

mobile

tablet

Paredes: Lançado projeto artístico Mappa 21 e inaugurada mostra de azulejaria de Henrique Silva

C/ Vídeo: Lançado projeto artístico Mappa 21 e inaugurada mostra de azulejaria em Paredes

Partilhar por:

Foi lançado, esta manhã, na Casa da Cultura de Paredes, o projeto artístico Mappa 21, projeto de programação cultural em rede, que vai decorrer entre junho e outubro do presente ano no território e que pretende promover diferentes eventos em áreas como o teatro, a música e património.

A apresentação coincidiu, também, com a inauguração da exposição de azulejaria da autoria de Henrique Silva.

A autarquia paredense destaca que “esta será a primeira iniciativa no terreno, de entre múltiplas ações programadas, em que o vértice que contempla música, artes e património, as principais áreas artísticas do Mappa 21, se fará sentir ainda em pleno mês de junho”.  

O presidente da Câmara Municipal de Paredes, Alexandre Almeida,  relevou o facto do Palacete da Granja acolher  uma obra de um autor de Paredes, salientando que o Mappa 21 quer enaltecer a cultura, as artes e formar públicos que disponham das ferramentas e possam vir a usufruir destes produtos.

O chefe do executivo enfatizou que câmara municipal está a fazer um forte investimento no fórum cultural, um espaço multiúsos, que vai estar à disposição do desporto e de cultura e que tem o propósito de criar públicos e conteúdos para tirar partido desse investimento, promovendo ao mesmo tempo a aposta em propostas e produtos diferenciados e de qualidade.

“Já para não falar do auditório. Estamos a falar de um investimento de mais de oito milhões de euros e que pretendemos que funcione como um veículo que promova também a cultura e possa atrair públicos diversos “,  avançou, sustentando que os eventos previstos serão concentrados nas quatro cidades do concelho e estender-se-ão, também, às restantes freguesias.

Kiko Silva, filho de Henrique Silva, destacou que o seu pai continua a trabalhar, continua a ter projetos e a obra dele não vai estar acabada.

“Este é mais um momento de trabalho que lhe deu prazer”, disse, sustentando que os azulejos integram-se na perspetiva da cidade e referindo-se ao seu pai como um autor multifacetado.

Ângela Marques da Astro Fingido, responsável pela conceção e a coordenação artística do projeto Mappa 21,, realçou que a Casa da Cultura acolherá outros projetos e propostas que irão ser disseminados por outros pontos do concelho.  

“No dia 3, a Casa da Cultura irá acolher Museu Móvel, depois teremos os concertos falados, que aliam a música e a palavra,  no âmbito do qual estão a ser reescritas duas lendas paredenses, a Senhora do Salto e a Romaria a Santiago, um trabalho do escritor Jorge Palinhos, sendo a direção cénica é da Susana Oliveira. Os músicos serão o guitarrista Miguel Lemos e Aires Montenegro. Os atores serão a Ângela Marques e o Frenado Soares. Teremos um percurso dos torna-viagens, um autocarro panorâmico, que irá promover uma peça de teatro que irá decorrer dentro desse autocarro”, disse, recordando que o texto é da autoria de Filomena Gigante.

Em Setembro será inaugurado um outro espetáculo, com o texto de Pedro Fiúza e direção de Fernando Moreira.

Fernando Moreira, também da Astro Fingido, destacou que a companhia quer-se afirmar como estrutura profissional  que desenvolve atividades com outras entidades e instituições.

“Queremos ter mais público e mais gente ligada à cultura. A Astro Fingido quer assentar arraiais para que todos os eventos tenham  impacto no concelho. O nosso contributo  é no sentido de melhoria qualitativa. O público não cresce sozinho”, expressou, sustentando que é vital criar estruturas adequadas com um publico exigente.

Os espetáculos serão ao ar livre e de entrada gratuita.  

A iniciativa contou com a presença da vereadora da cultura, Beatriz Meireles.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!