Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Depois de Cátia Santos, Chega Paços de Ferreira apresenta mais dois nomes na corrida às autárquicas
Fotografia: Chega de Paços de Ferreira

Chega Paços de Ferreira apresenta mais dois nomes na corrida às autárquicas (c/vídeo)

Partilhar por:

Depois da André Ventura, líder do partido Chega, ter apresentado, em abril, no Porto, oito candidatos a várias câmaras do distrito do Porto, entre os quais o Cátia Santos, à Câmara de Paços de Ferreira, o Chega deu a conhecer, através da sua página oficial, mais dois nomes na corrida às eleições autárquicas.

Carla Costa foi o nome escolhido para candidata à Assembleia Municipal e Patrícia Leão à Junta de Freguesia de Freamunde.

Numa curta mensagem-vídeo que se encontra publicada na página oficial do Chega Paços de Ferreira, Carla Costa realça que as instituições, organizações, história, as suas gentes e o concelho “merecem mais e melhor”.  

“Basta de políticas  empobrecidas e enganosas. Defendo um programa com princípios em que os valores e a democracia estejam presentes, pois temos urgentemente de reinventar a democracia. Queremos uma democracia séria, rica e mobilizadora, criativa e criadora de soluções, Vamos dar valor às pessoas que aqui habitam, vamos dar valor às suas reais necessidades, arrisquemos ser ousados, qualificar o que aqui se produz, vamos criar iniciativa municipal para devolvermos o concelho a quem de direito: aos seus cidadãos”, disse.

A candidata à Assembleia Municipal de Paços de Ferreira elege, também, a educação, o associativismo, a aposta no conhecimento e no desenvolvimento sustentado como prioridades.

“Vamos dar valor à vida associativa cultural e desportiva, vamos apostar na educação, o que vai implicar mais cultura, mais criatividade e mais conhecimento e mais e maior desenvolvimento, um desenvolvimento sustentável, um correto desenvolvimento territorial, promovendo, esta forma, a qualidade de vida no concelho”, acrescenta.

Fotografia: Chega Paços de Ferreira

Carla Costa é “natural da freguesia de Paços de Ferreira e residente na freguesia de Carvalhosa, tem 49 anos, é casada, tem dois filhos, é licenciada em enfermagem e a concluir mestrado em Saúde Pública, exercendo funções no Centro Hospitalar Universitário do Porto”.

O partido descreve Carla Costa como uma pessoa “fortemente enraizada na comunidade pacense, não fosse ela neta do Sr. Alexandre do café Avenida e filha do Toninho, antiga glória do futebol clube de Paços de Ferreira. Mulher de caráter forte, determinada e dinâmica.  Mulher de causas, amante da natureza e do desporto e tem como objetivo principal dar valor à sua terra e às pessoas que nela habitam”.

Fotografia: Chega de Paços de Ferreira

O Chega Paços de Ferreira recorreu, também, à sua página do Facebook para apresentar o nome de Patrícia Leão como candidata à Junta de Freguesia de Freamunde,  realçando que esta tem como principal objetivo “voltar a dar o valor à sua terra e às pessoas que nela habitam”.

Patrícia Leão é “natural da freguesia de Freamunde, tem 35 anos, casada e tem dois filhos”.

A candidata assume querer devolver a Freamunde a “vida que lhe foi roubada” defender as raízes da cidade e da terra, elegendo a cultura, o comércio e o bairrismo como valores a cultivar.

O partido descreve-a como “mulher lutadora, de caráter forte, determinada e dinâmica, mulher de causas, amante da natureza, defensora dos animais e adepta do desporto”, sendo formada em cuidados infantis, e uma “pessoa da terra, irmã do autor Agostinho Leão, escritor do livro já conhecido mundialmente “Sempre foste tu”.

Sobre a candidata à Câmara de Paços de Ferreira, Cátia Santos, o Chega apresenta-a como sendo uma “mulher de caráter forte e determinada pelos valores humanistas, uma verdadeira guerreira pelos princípios de igualdade dos deveres e dos direitos”, sendo “uma jovem de 29 anos, advogada, natural da freguesia de Frazão/Arreigada” e uma mulher “empreendedora, humilde e conservadora”, “descendente de uma família típica pacense”, sendo o “pai e irmãos empresários no ramo do polimento de móveis”.  

“Vem de uma família empreendedora, humilde e conservadora, com ligações fortes ao cristianismo, visto inclusive ter um irmão padre”, destaca o Chega Paços de Ferreira.

O partido usou também, as redes sociais, para apresentar  aquela que será a sua primeira medida, na área do ambiente, e que consiste na recolha porta a porta do lixo  e o fim da atual atividade da recolha do lixo.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!