Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Castelo de Paiva: Abertura dos 35.º Jogos Desportivos marcaram comemorações do 25 de Abril
Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

Castelo de Paiva: Abertura dos 35.º Jogos Desportivos marcaram comemorações do 25 de Abril

Partilhar por:

A abertura dos 35.º Jogos Desportivos de Castelo de Paiva marcaram comemorações do 47.º aniversário do 25 de Abril.

Os XXXV Jogos Desportivos, uma iniciativa municipal, irá prolongar-se até ao final de setembro, sendo um evento que todos os anos movimenta centenas de atletas de todas as freguesias do concelho.

Citado em comunicado o vereador do Desporto, José Manuel Carvalho, realçou que os jogos desportivos são uma força representativa das coletividades que “continuam a valorizar e a prestigiar o concelho e esta grande iniciativa, anualmente desenvolvida pela edilidade paivense”.

Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

O vereador do Pelouro do Desporto e Cultura  recordou a génese deste grande evento, que remonta a  1987 e falou também das conquistas de Abril, também evidenciadas nos setores do desporto e cultura, “realçando o trabalho louvável, empenhado e dedicado de tantos dirigentes que, no concelho, e a troco de nada, dão o seu contributo para esta dinâmica do movimento associativo local, já reconhecida fora do concelho”.

No decorrer da abertura dos Jogos desportivos, a autarquia paivense prestou homenagem a três vencedores da edição primeira deste evento, Domingos Carvalho, no atletismo, Manuel Botelho, no ciclismo e Luís Freitas, no futebol.

Antes da abertura deste evento desportivo, decorreu as cerimónias alusivas ao 47.º aniversário da Revolução de Abril e as habituais intervenções políticas, com vários momentos musicais interpretados por alunos da Academia de Musica.

Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

Citado em comunicado, Almiro Moreira, em representação do Partido Social-Democrata, relevou os ideais de abril e o sonho de “ver Castelo de Paiva mudar para uma terra onde seja possível viver com mais dignidade, mais saúde física e ambiental , melhores salários e emprego mais qualificado”, defendendo mais investimento, criação de riqueza e a diversidade de emprego, a aposta na formação profissional, a falta de saneamento básico, e uma habitação condigna  para todos.

Manuel Mendes, em representação do Partido Socialista, realçou que as comemorações do 25 de abril  são o momento para recordar a conquista do Poder Local , reforçando que a democracia é o mais equitativo sistema de representação e de governação do bem publico.

Citado, também, em comunicado, o presidente da Câmara Municipal de Castelo de Paiva, Gonçalo Rocha, lembrou as conquistas de Abril, realçando a responsabilidade como um valor importante no exercício de qualquer função pública, o prestar contas, às populações e auscultar os seus problemas e procurar as melhores soluções para os resolver.

O chefe do executivo “frisou que o valor do humanismo é dos mais importantes na vivência democrática, concordou que o “exercício das funções autárquicas e do Poder Local foi das melhores coisas que deu o 25 de Abril, permitindo a politica de proximidade”. .

Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

O autarca enalteceu o facto do município ter as contas em dia, mostrando  o seu regozijo por ver contemplados no Plano de Recuperação e Resiliência, proposto pelo governo português, o IC 35 na ligação à A4, a conclusão da Variante à EN 222 ao nó de Canedo da A32 e o plano da Estratégia Local de Habitação, no âmbito do Programa 1º Direito, investimentos que totalizam um custo de mais de 130 milhões de euros até 2026.       

O presidente da Assembleia Municipal, Gouveia Coelho, relembrou que Abril não é um peça de museu, “não deixou de lembrar erros, limitações e tristes figuras que mancharam os ideais de Abril, aqueles que colocam os interesses pessoais acima do interesse público, a vaidade pessoal,  o exagero do Eu e a escassez do Nós”.

Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

O presidente da Assembleia Municipal falou na descrença que ainda paira sobre esta democracia, “recusando que todos são corruptos, considerando essa ideia indecente, porque felizmente a maioria não é assim, porque existe gente séria e honesta ao serviço da vida publica e pediu aos mais jovens que não deixem morrer o 25 de Abril”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!