Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Associação de Futebol do Porto define modelo da retoma das competições

Associação de Futebol do Porto define modelo da retoma das competições

Partilhar por:

A Associação de Futebol do Porto (AFP) definiu já o modelo para a retoma das competições.

Segundo a AFP, o futebol e o futsal irão retomar o regresso aos treinos em grupo, a partir do dia 19 de abril e o fim de semana de 8 e 9 de maio será a data em que a maioria dos clubes considerou ter reunidas as condições para voltar a competir.

A AFP avança, em comunicado, que partilhou no seu site oficial, que “na sequência do plano de desconfinamento gradual apresentado pelo Governo no passado dia 11 de março, ficou definido que as modalidades de risco médio, na qual se incluem o futebol e o futsal, podem retomar a competição a partir do dia 19 de abril. Hoje sabemos que esta é uma realidade que se irá aplicar aos escalões seniores e aos escalões de formação”, refere a instituição.

A AFP realça que “após o plano apresentado pelo Governo”, a instituição “promoveu um conjunto de reuniões com todos os seus clubes, com o objetivo de ouvir, de cada um, o seu posicionamento para o eventual regresso, bem como os moldes em que este deveria ser feito”, tendo a auscultação por base o facto da direção AFP assumido que “nunca tomaria uma decisão sobre o regresso das competições sem ouvir o posicionamento dos todos os seus clubes e porque a AFP sabe que “neste momento difícil impactou e impacta os seus clubes de formas diferentes nas mais variadas áreas”.

“Assim é quando se decide os destinos de um universo de cerca de 350 clubes e de mais de 36.000 atletas. Esta grandeza que os nossos filiados nos conferem é também proporcional à enorme responsabilidade que diariamente esta Associação tem nos ombros. Por outro lado, sabemos que qualquer que fosse a decisão tomada nunca seria unânime. A decisão foi tomada com base nos dados existentes e conhecidos, e portanto, aquela que a AF Porto considera ser a melhor opção para todos os filiados”, acrescenta a AFP que sustenta que não “poderia ficar insensível à vontade exposta pelos filiados”.

“Como entidade que tem como principal responsabilidade fomentar o desporto via futebol e futsal, a Direção da AF Porto não poderia ficar insensível à vontade exposta pelos filiados. Por isso mesmo, a primeira garantia que deixamos é que as competições de futebol e de futsal no distrito do Porto vão regressar”, lê-se no comunicado que a AFP partilhou no seu site que acrescenta: “seguindo as diretrizes do Governo, a competição regressará no dia 19 de abril. Tendo esse dia como referência para o regresso aos treinos em grupo, começará então a tão esperada contagem decrescente até ao fim de semana de 8 e 9 de maio, data em que a maioria dos clubes considerou ter reunidas as condições para voltar a competir”.

Fotografia: Associação de Futebol do Porto

A AFP reforça que “considerando os constrangimentos, a competição terá obrigatoriamente que ser reformulada, sendo que a “participação nos campeonatos é opcional; a participação nos campeonatos implica a aceitação das alterações introduzidas no Regulamento de Provas Oficiais e dos formatos das competições para a conclusão da época 2020/21”.

A AFP revela que “não serão aplicados os regimes de descidas de divisão previstos no Regulamento de Provas Oficiais; haverá campeões em todos os campeonatos oficiais”, terminando a “época de futebol termina no dia 30 de junho”

Já a “época do futsal termina no dia 30 de junho, com a exceção da Divisão de Elite, que termina no dia 6 de junho”.

 A AFP avança, ainda, que relativamente à “Taça da Associação de Futebol do Porto de futebol e futsal, irá realizar-se de acordo com ponto 11 da deliberação da direção”

A AFP relembra para a necessidade dos clubes continuarem a cumprir com as diretrizes e normas definidas pelas autoridades de saúde.

“Lembramos a todos que os cuidados com a saúde devem continuar a ser a nossa grande prioridade. Não nos podemos esquecer que a continuidade do processo de desconfinamento, dos nossos treinos e das nossas competições depende de cada um de nós. Sabemos, da experiência passada, que o desporto, e em especial o futebol e futsal, não foi o problema, mas sim a solução para uma sociedade mais saudável e capaz de responder aos grandes desafios que temos ainda pela frente nesta guerra”, adverte a instituição que reconhece que a “nível desportivo, a pandemia que teima em nos criar obstáculos, e que já impactou de forma evidente duas épocas desportivas, obrigou-nos mais uma vez a alterar os formatos das nossas competições”.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!