Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Cerimónias fúnebres do presidente da Câmara de Viseu serão privadas e reservadas à família
Fotografia: Câmara de Viseu

Resende expressa pesar pela morte do presidente da Câmara de Viseu

Partilhar por:

O município de Resende associou-se ao sentimento de pesar pela morte, este domingo, do presidente da Câmara de Viseu, António Almeida Henriques, que faleceu no Hospital de São Teotónio, vítima de complicações respiratórias decorrentes da Covid-19.

“O executivo municipal lamenta e apresenta as mais sinceras condolências à sua família e amigos”, refere a autarquia numa curta mensagem que partilhou na sua página oficial, relevando o legado de Almeida Henriques.

A Câmara de Resende manifesta, ainda, que o legado do autarca de Viseu “permanecerá sempre no distrito de Viseu e em todos os que com ele se cruzaram”.

O município de Viseu também dá nota, na sua página oficial, do falecimento do presidente de câmara, recordando que António Almeida Henriques se encontrava hospitalizado no Hospital de São Teotónio, vítima de complicações respiratórias decorrentes da Covid-19 desde o dia 7 de março, depois de ter testado positivo ao coronavírus no dia 4 de março.

Na sequência da ida ao hospital, António Almeida Henriques acabou por ser internado por precaução.

Resende expressa pesar pela morte do presidente da Câmara de Viseu
Fotografia: Câmara de Viseu

A Câmara de Viseu esclarece que o estado clínico do chefe do executivo viseense obrigou “à entubação e ventilação mecânica”,  situação “que se manteve até hoje”, tendo o responsável pelo executivo municipal falecido este domingo.

António Almeida Henriques tinha 59 anos e era presidente da autarquia desde 2013.

Exerceu várias funções ao nível associativo, integrou o Governo de Passos Coelho, e desempenhou várias funções a nível local e regional.

“Foi deputado à Assembleia da República, nas IX, X e XI e XII Legislaturas e Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do PSD entre 2005 e 2007 e 2010 e 2011. Entre 2011 e 2013, exerceu funções como Secretário de Estado Adjunto da Economia e Desenvolvimento Regional do XIX Governo Constitucional, liderado por Pedro Passos Coelho”, lê-se na publicação que a Câmara de Viseu partilhou, sustentando que António Almeida Henriques foi, também, “presidente da Assembleia Municipal de Viseu durante oito anos, nos mandatos de 2005/2009 e 2009/2013” cargo que acumulou com o sua função no Governo de Passos Coelho.

A autarquia de Viseu declarou três dias de luto municipal pela morte do chefe do executivo.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!