Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Alexandre Costa é candidato à Câmara de Paços de Ferreira
Fotografia: PSD Paços de Ferreira

Alexandre Costa é candidato à Câmara de Paços de Ferreira

Partilhar por:

O atual presidente da Comissão Política Concelhia do PSD Paços de Ferreira, Alexandre Costa, é candidato à autarquia pacense.

O candidato e presidente da Junta de Freguesia de Paços de Ferreira, numa mensagem enviada aos órgãos de comunicação social, esclarece que decidiu aceitar mais este desafio, assumindo o sentido de disponibilidade para fazer face aos desafios que, confirma, o concelho tem pela frente.

“Ser candidato à Câmara Municipal de Paços de Ferreira é uma grande responsabilidade, mas também uma enorme honra. Decidi aceitar o convite que me foi dirigido pelo PSD de Paços de Ferreira para abraçar mais este projeto/desafio na minha vida, na minha terra! Terra que escolhi para viver, criar família e ter os meus filhos! Terra onde fiz o meu percurso escolar, desportivo, associativo, empresarial e político! Mas podemos questionar, mais desafios? SIM! Quero fazer parte do progresso, presente e futuro do nosso concelho e para isso não existem momentos mais ou menos favoráveis, existe, sim, o sentido de disponibilidade. E, esse sentimento, trago-o comigo”, disse.

Fotografia: PSD Paços de Ferreira

O candidato avança que o concelho precisa de um novo rumo.

“O nosso concelho precisa de um novo rumo, que seja assente numa forma diferente de fazer política, que se afaste do totalitarismo e que traga de novo a participação da nossa comunidade, dos nossos concidadãos, na construção do nosso futuro coletivo que se caracterize por Uma nova atitude”, sustentando que o território necessita, também, de uma nova atitude “que potencie a nossa indústria e o nosso comércio, a economia e a marca identitária que nos corre nas veias, a nossa Capital do Móvel”.

Alexandre Costa aponta, também, para a necessidade de se valorizar os autarcas, que eleja o ambiente como fator e sinónimo de desenvolvimento sustentável e a cultura como fator determinante diferenciador.

“UMA NOVA ATUTUDE para o nosso concelho, que valorize todos os nossos autarcas e todas as freguesias.  UMA NOVA ATITUDE para o nosso concelho, que coloque o Ambiente como fator de união e de mobilização de todos nós na construção de um futuro sustentável. UMA NOVA ATITUDE para o nosso concelho, que veja na Cultura um fator determinante e diferenciador para o nosso desenvolvimento social”.

O candidato às autárquicas deste ano elege, também, como prioridades os problemas sociais, a criação de oportunidades para os jovens com habilitações.

“UMA NOVA ATITUDE para o nosso concelho, em que as respostas aos problemas sociais não estejam apenas assentes no assistencialismo, mas procure a inclusão e integração real dos mais desfavorecidos. UMA NOVA ATITUDE para o nosso concelho, que ofereça oportunidades aos nossos jovens, sobretudo, ao nível da habitação e do emprego que potenciem a sua fixação na nossa terra”, acrescenta defendendo, também, uma nova atitude que valorize o nosso património, que dinamize o turismo e lazer.

“UMA NOVA ATITUDE para o nosso concelho que projete a nossa gastronomia, o nosso ex-libris, Capão à Freamunde. UMA NOVA ATITUDE para o nosso concelho que alavanque ainda mais a nossa dinâmica associativa e desportiva”, sustenta, afirmando: “Estou certo que este é o momento de uma NOVA ATITUDE a bem do nosso concelho”.

O candidato  termina afiançando estar “disponível para ouvir e receber os contributos para este projeto que será de todos”.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!