Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Jovem pacense brilha no concurso musical “All Together Now” e assume desejo de singrar no mundo da música
Fotografia: Cristina Silva

Jovem pacense brilha no concurso musical “All Together Now” e assume desejo de singrar no mundo da música

Partilhar por:

Depois de Joana Nunes, natural de Rebordosa, no concelho de Paredes, a região do Tâmega e Sousa voltou a estar representada no programa musical “All Together Now”, emitido pela TVI e conduzido por Cristina Ferreira, desta feita com a jovem pacense, Cristina Silva.

A jovem pacense protagonizou um dos momentos do programa ao interpretar com Vítor Sousa, seu antigo professor, ao piano, o tema «You Rase me Up”.

Ao Novum Canal, Cristina Silva admitiu que esta foi uma experiência arrebatadora, uma experiência única, que tanto ela como o colega jamais esquecerão, apesar de não terem conseguido passar para a fase seguinte, um objetivo que todos os concorrentes, admitiu, almejam atingir.

“A minha forma de estar na música é muito equilibrada, feliz e cheia de amor. E sei que, naquele dia, naquele momento, tudo o que é meu e da minha voz, ficou naquele palco e nas pessoas que me ouviram. Todas as minhas emoções foram transparentes e a missão era chegar ao coração de todos os que ouvem”, disse, reiterando que toda a experiência e emoção que o programa proporciona aos participantes é única e vale a pena ser experienciada.

Fotografia: Cristina Silva

“Queremos sempre chegar mais longe e fazemos sempre por isso, mas, toda a participação e experiência valeu a pena. Conheci, conhecemos pessoas incríveis, fomos sempre tratados com muito carinho e voltava a repetir tudo de novo. A música é partilha e Portugal tem muito talento! Fiquei, ficamos muito felizes e gratos com tudo o que nos aconteceu”, frisou.

Questionada de como é surgiu a ideia de participar no programa, Cristina Silva afirmou que já há algum tempo que tanto ela como Vítor Sousa procuravam uma oportunidade.

“Vimos no All Together Now a oportunidade de maior visibilidade e da nossa música chegar a mais pessoas, que sabemos que de outra forma não seria possível”, disse, sustentando que foi a primeira vez participaram num programa de televisão.

Falando ainda da sua passagem pelo programa, Cristina Silva reconheceu que participar num programa como este, que é transmitido à escala nacional, é sempre uma oportunidade para quem pretende e tem aspirações prosseguir no meio musical.

“Participar neste programa foi uma grande oportunidade, deu-nos muita visibilidade que, de outra forma, não teríamos. Sei que abriu uma janela e a luta por este caminho na música vai continuar e, quem sabe, gravar um álbum seja um projeto futuro”, afirmou, confirmando que é música que pretende singrar no futuro.

“Absolutamente.  “Escutar é um ato de amor”, enquanto me escutarem e apoiarem este meu sonho, a música em mim vai ser o futuro, sempre”, concretizou, destacando que além da atividade como professora de Expressão Musical, tem alguns projetos na música, nomeadamente “Vozes Soltas, um quarteto feminino que se dedica a música para cerimónia nos casamentos, Vítor Blue, um projeto de originais que entrelaça melodias com poesia e, o nosso Diário de um Cantor no Desemprego”.

A jovem pacense manifestou, ainda, a propósito deste Diário, que a sua passagem pela televisão, além da visibilidade, permitiu-lhe dar a conhecer este projeto, criado há três anos.

Ainda sobre o feedback que a sua participação no programa da TVI suscitou em Paços de Ferreira, a cantora admitiu que a reação das pessoas e da comunidade, em especial as que conhecem o seu trabalho, tem sido muita positiva.

“ O feedback foi muito positivo e recebi uma onda de apoio e amor muito, muito grande! Estou de coração cheio!”, atalhou.

Interpelada sobre qual o género musical que mais gosta de trabalhar, Cristina Silva avançou que não tem um estilo, mas vários.

“Confesso que o que mais me encanta na música é poder usufruir e aventurar-me nos vários estilos musicais, mas, o pop ligeiro, jazz e clássico são os que mais gosto e identifico”, disse, revelando que além dos projetos a que está ligada, já fez participações em concertos com a “Banda Musical de Paços de Ferreira, workshops de música para crianças”.

Em breve, a cantora pacense manifestou que vai surgir num concerto intimista em conjunto com uma harpista que admira imenso.

Quanto à possibilidade de vir a singrar no mundo da música, Cristina Silva, mostra-se otimista e reitera que com esforço, entrega e determinação é possível abraçar um projeto e carreira nesta área, apesar das dificuldades serem evidentes.

 “Costumo brincar e dizer que, apesar dos pés terem de estar assentes na terra, também temos de ter asas nos pés e nunca deixar de acreditar e sonhar. Só assim as concretizações/realizações acontecem. Por isso, singrar no mundo da música é difícil, mas ainda acredito que possível”, afiançou, reiterando que a curto/médio prazo as suas prioridades passam por fazer um livro para crianças e proceder ao lançamento de um tema original.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!