Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Super-pai do Marco de Canaveses, com cinco filhos, diz ser o mais mais babado e realizado

Reportagem: Super-pai do Marco de Canaveses, com cinco filhos, diz ser o mais mais babado e realizado

Partilhar por:

Apelidado de super-pai, Vítor Barbosa, é um pai babado, orgulhoso dos seus cinco  filhos e conhecido na comunidade do Marco de Canaveses.

No dia dedicado aos pais, o Novum Canal esteve à conversa com este pai, que reside  em Sande, freguesia do concelho de Marco de Canaveses, que confessa ser um pai presente, feliz e realizado por ter os seus filhos com ele e com eles poder partilhar os momentos da sua vida.

Quando abordamos a questão dos filhos, Vítor Barbosa, com uma voz emocionada  e com um brilho dos olhos, afirma rapidamente que para ele não há nada mais importante.

“A minha prioridade são os meus filhos. Tudo o que faço é por eles. Apenas quero o seu bem-estar. Eles estando bem, também estou bem”, disse, confessando que toda a sua vida e o seu dia-a-dia é programada em função deles, seja nas tarefas de casa, seja na escola e das suas prioridades.

Ao Novum Canal, Vítor Barbosa confessou que é um pai omnipresente, que acompanha os seus cinco filhos, quatro rapazes e uma menina, transporta-nos à escola, na sua carrinha, logo pela manhã.

“O mais velho está no 9.º ano de escolaridade, os gémeos frequentam o oitavo ano, tenho um outro que está no quinto ano e a mais nova, a menina, está no segundo ano”, disse, reconhecendo que para ele e para os filhos o dia inicia bem cedo.

Antes de iniciar o seu trabalho, Vítor Barbosa refere que tem que antecipar um sem número de tarefas para que os filhos estejam na escola à hora cerca.

“Levanto-me às 06h40 da manhã,  faço o pequeno-almoço, ajuda-os  a preparem-se, às 08h10 deixo uns na escola, a mais nova, às 08h15, para as 08h30 iniciar a trabalhar”, expressa.

Além da agricultura, atividade que exerce presentemente, seja na limpeza de terrenos ou noutras outras atividades, Vítor Barbosa é também conhecedor de outros ofícios e afirma saber da arte de trolha, carpinteiro e não se nega a esforços para trabalhar, ou fazer qualquer biscate, sempre com o objetivo de assegurar o bem-estar da prole e garantir que nada falta aos seus cinco filhos.

Se for necessário e havendo trabalho, Vítor Barbosa afirma que vai trabalhar aos domingos de manhã.

“Inicio o meu trabalho bem cedo e muitas vezes termino já tarde”, avisa.

“Quando chego a casa preparo as refeições. Sou um verdadeiro pai e uma mãe. Os meus filhos chamam-me pai e mãe”, assegura com um brilho no olhar e o sentimento de dever cumprido.

Vítor Barbosa confessa que nesta tarefa não está só e tem contado com o apoio dos irmãos, a sua mãe, mas também da comunidade e de várias pessoas da freguesia e fora da freguesia.  

“Estou grato pelo que me fizeram e pelo apoio que me deram, mas como se costuma dizer: o Pai Natal não vem todos os dias e eu não conto com o Pai Natal todos os dias. Como disse estou grato pelo apoio que me deram, mas tenho de contar acima de tudo comigo, com o meu trabalho, o meu suor, a minha entrega para que nada falte aos meus filhos no dia-a-dia. Tiro da minha boca para lhes dar. Como disse, eles são tudo para mim, são a minha maior riqueza”, avança, sustentando que além das refeições, do apoio que dá aos cinco filhos em casa nas suas atividades letivas, zela também pelo seu bem-estar físico e pela sua saúde.

“Sempre que alguns deles fica doente, fico preocupado e vou com eles ao médicos, às consultas”, avisa, com um brilho e a humildade de um pai que só deseja o melhor para os seus filhos.

À nossa reportagem, este pai babado lembra, ainda, que entre ele e os cinco filhos existe um verdadeiro sentimento de união, formam, como costuma dizer, uma verdadeira equipa.

“Tenho sempre o cuidado de lhes preparar as refeições, mas quando chego mais tarde a casa, e às vezes acontece, porque o trabalho não me deixa  chegar mais cedo, os meus filhos têm o jantar pronto. Somos uma verdadeira equipa. Existe uma grande entreajuda. Ainda nesta terça-feira trabalhei até mais tarde. Fui buscá-los à escola, fui novamente trabalhar, cheguei a casa e tinha o jantar feito. O meu filho mais velho e os gémeos já sabem preparar bem as refeições”, disse, frisando que o saber não ocupa lugar e que a sua prioridade é  também que filhos cresçam e aprendam a desenvencilharem-se.

“Outras vezes vou buscar comida fora”, sublinha, reiterando que existe uma cumplicidade díficil de descrever entre ele e os filhos.

“Partilhamos tudo. Sempre que um deles tem um problema procuro ajudar”, confessa, reconhecendo que hoje é um dia especial para todos os pais, uma oportunidade para partilhar, reforçar e consolidar afetos.

“Hoje vai ser um jantar especial. Vai ser francesinhas. Não há nada mais importante do que ter a companhia deles. Quero tê-los comigo durante muitos anos”, declara, reconhecendo que os filhos são o que de mais precioso a vida tem.

No dia dedicado aos pais, Vítor Barbosa deixa anda um conselho para todos os pais: que estimem o seus filhos e lhes garantam o melhor.

“O conselho que deixo é que filhos só temos os nossos. Espero que todos os pais batalhem pelos seus filhos e que não lhes deem maus-tratos”, precisa.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!