Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Ministro das Infraestruturas e da Habitação garante construção do IC 35 e da variante à EN 222
Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

Ministro das Infraestruturas e da Habitação garante construção do IC 35 e da variante à EN 222

Partilhar por:

O ministro das infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, garantiu, esta quinta-feira, no decorrer da assinatura do Acordo de Colaboração entre Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) com o município de Castelo de Paiva para a Estratégia Local de Habitação, no âmbito do Programa 1.º Direito, que foi possível garantir o financiamento necessário IC 35, na ligação à A4 em Penafiel, e conclusão da variante à EN 222, que irá estabelecer a ligação da Zona Industrial de Lavagueiras, em Pedorido, ao nó da A32 em Canedo.

Citado em comunicado, o governante realçou que vai ser possível ao Governo em articulação com a autarquia paivense executar estes dois investimentos.

“ Sentirmos que é pelas nossas mãos, no Governo, e pelas vossas, na autarquia, que nós vamos conseguir, finalmente, dar ao concelho de Castelo de Paiva, estas duas Infraestruturas, que são determinantes para se poder viver e trabalhar melhor nesta terra ”, frisou, apontando para um investimento de cerca de 30 milhões de euros no município.

O ministro manifestou que há ainda “uma batalha a travar na União Europeia”, mas recordou que quando foram identificadas as infraestruturas prioritárias em matéria de rodovias, o Governo conseguiu “ ter lá ter estas duas que são essenciais para Castelo de Paiva”.

O presidente da Câmara de Castelo de Paiva, Gonçalo Rocha, enalteceu o empenho neste processo do Ministro das Infraestruturas e Habitação, referindo que esta é “uma excelente notícia, o momento e a oportunidade para o concelho e para a região, que não pode ser desperdiçada, daí o apelo de mobilizar o país, como o mote para esta fase de desenvolvimento que é fundamental para alavancar esta região, ainda tão carenciada”.   

Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

Com o financiamento das obras da Variante EN222 e o IC35, de Penafiel a Entre-os-Rios assegurado a 100% no Plano de Recuperação e Resiliência, o autarca paivense relevou o trabalho realizado por António Costa e Pedro Nuno Santos, ao colocarem em destaque a necessidade urgente do avanço destes investimentos.

O chefe do  executivo defendeu, ainda, a adoção um regime excecional no país, de simplificação de procedimentos de contratação e de pareceres.

A câmara municipal destaca que “o IC35, ligando Penafiel (A4) a Entre-os-Rios, e a conclusão da Variante à EN 222, a partir da ZI de Lavagueiras até ao nó da A32, são duas acessibilidades tidas como fundamentais para melhorar a ligação do concelho aos grandes eixos rodoviários do Litoral, sendo que, ambas as obras têm sido prometidas há mais de duas décadas pelos sucessivos governos, mas nunca foram concretizadas até ao momento, apesar das reivindicações dos autarcas e representantes do tecido empresarial deste território do Tâmega e Sousa”.

“Incluídas nos investimentos programados no âmbito do Programa de Recuperação e Resiliência (PRR), estas duas ligações rodoviárias são essenciais para a sustentabilidade económica e melhorar a mobilidade nesta zona do país”, acrescenta o município.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!