Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Pulseira eletrónica para homem suspeito por violência doméstica em Penafiel
Fotografia: GNR

Pulseira eletrónica para homem suspeito por violência doméstica em Penafiel

Partilhar por:

Ficou com pulseira eletrónica o homem, de 59 anos, suspeito por violência doméstica, no concelho de Penafiel, detido, no dia 16 deste mês, pelo Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Penafiel.

Segundo a GNR, “no âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, movido por ciúmes excessivos, controlava os movimentos da vítima, sua esposa de 57 anos, com quem estava casado há cerca de 41 anos. Durante o matrimónio, o suspeito impedia a vítima de manter relações de amizade com outras pessoas, isolando-a socialmente, dirigindo-lhe ainda diariamente ofensas físicas e psicológicas, através de puxões de cabelos e pontapés nas pernas, bem como ofensas verbais e humilhações constantes”.

Paredes: Prisão domiciliária por tráfico de estupefacientes
Fotografia: GNR

As autoridades esclarecem que “num dos últimos episódios de violência, o agressor, com recurso a uma faca de cozinha, ameaçou a vítima que lhe ia cortar o pescoço, provocando-lhe medo e receio pela própria vida, motivos que a levaram a pedir o divórcio. Após o pedido de separação, o agressor passou a adotar uma postura mais agressiva, violenta e imprevisível, factos que levaram à sua detenção”.

A Guarda declara que o “detido foi presente no dia 16 de março a primeiro interrogatório no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, onde ficou sujeito a proibição de contactar a vítima por qualquer forma ou meio ou por interposta pessoa, controlado por pulseira eletrónica”.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!