Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Regresso às aulas em Paredes marcado pelos reencontros e normalidade

Regresso às aulas em Paredes marcado pelos reencontros e a normalidade (c/vídeo)

Partilhar por:

O regresso às aulas do pré-primário e do primeiro ciclo foi marcado pelos reencontros entre alunos e os professores e pela normalidade.

Ao Novum Canal, o vereador da Educação da Câmara de Paredes, Paulo Silva, assumiu encarar este recomeço com expectativa elevada.

“As normais, encaro este retomar como mais um regresso à escola dentro da normalidade possível em tempos de pandemia, as famílias e os alunos  já conhecem as regras  e os procedimentos, infelizmente ainda não se alteraram pelo que encaro com expectativa elevada este retomar”, disse, salientando que não antever dificuldades neste novo arranque. 

“Não antevejo dificuldades diferentes daquelas que ocorreram sempre que as escolas reabrem. Temos um corpo docente e não docente devidamente preparado, conhecedor e cumpridor das regras, as famílias e os alunos na fase anterior ao confinamento sempre cumpriram e respeitaram as regras pelo que não antevejo dificuldades diferentes daquelas que sempre existem no dia-a-dia de uma escola”, frisou.

O autarca reiterou que as escolas estão preparadas para acolher novamente os seus alunos.

Regresso às aulas em Paredes marcado pelos reencontros e normalidade

“As escola estavam e continuam a estar preparadas, como sabe felizmente não ocorreu nenhum surto em nenhuma das nossas escolas, o pessoal docente e não docente não pararam durante o confinamento, tivemos escolas abertas para apoiar os alunos que não podiam ficar em casa”, atalhou, reconhecendo que “as escolas estão hoje mais bem preparadas que em Setembro, o pessoal docente,  não docente e o município foram aprendendo a lidar com todas as novidades que a pandemia nos trouxe, felizmente a cada dia que passa sabemos mais sobre os efeito da pandemia e como a tentar combater”.

Questionado se foi realizada alguma desinfeção dos espaços, o vereador responsável pela pasta da educação declarou que apesar das aulas terem estado suspensas, em determinado período, por determinação do Governo, os colaboradores permaneceram nos estabelecimentos de ensino e todas as precauções foram implementadas.

“Como referi anteriormente as aulas foram suspensas, mas as escolas continuaram com os seus colaboradores e foram tomadas as precauções normais de uma reabertura”, concretizou, sublinhando que as famílias encaram este retomar de aulas com sentido positivo.

“A perceção que vamos tendo é que apesar de todos os receios, as famílias encaram como positivo este regresso, julgo que o processo de desconfinamento no que toca à educação é o adequado, as aulas presenciais são extremamente importantes em todas as idades, mas nesta faixa etária ainda mais”, acrescentou.

Interrogado sobre o timing e a eficácia do plano de desconfinamento desenhado pelo Governo, o vereador admitiu que este é documento equilibrado. 

“Parece-me um plano equilibrado, acho que a população está ciente da necessidade de continuar a respeitar as regras higiénicas impostas, mas no que à educação diz respeito é importante recuperar o mais rápido possível a normalidade”, disse, recordando que “as recentes noticias da vacinação dos professores são um excelente sinal de esperança que essa normalidade chegue o mais rápido possível”.

Quanto a um eventual retrocesso no plano de desconfinamento, Paulo Silva manifestou que em verdade é difícil garantir que isso não possa suceder, mas vincou estar otimista que a comunidade irá continuar a cumprir com as regras definidas pela Direção-Geral de Saúde.

“Ninguém pode garantir que não, estou confiante que a população vai manter o respeito pelas regras de higienização e como tal não voltará a ser necessário, o eventual retrocesso não depende dos governos nem dos autarcas, depende da nossa atitude individual”, avançou, recordando que “sucesso do ensino presencial está nas nossas mãos, as nossas atitudes”.

“O mesmo que fiz na abertura do ano letivo, o sucesso do ensino presencial está nas nossas mãos, as nossas atitudes, a forma como encaramos o cumprimento das regras impostas pela DGS. Nos últimos dias temos assistido a uma diminuição drástica do número novos casos, o que prova que o cumprimentos das regras resultou. Estou certo que poderemos contar com a comunidade educativa nesta caminhada”, afirmou.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!