Novum Canal

mobile

tablet

Associação ambientalista pede esclarecimentos ao ministro sobre eventual chegada ao aterro de Sobrado de contentores marítimos com resíduos
Fotografia: Associação Jornada Principal

Associação ambientalista pede esclarecimentos ao ministro sobre eventual chegada ao aterro de Sobrado de contentores marítimos com resíduos

Partilhar por:

A Associação Jornada Principal pediu esclarecimentos ao Ministro do Ambiente e da Ação Climática, Matos Fernandes, de relatos de “habitantes de Sobrado que começaram a chegar ao aterro da Recivalongo contentores marítimos com resíduos, na qual são depositados em aterro sem qualquer tipo de tratamento de separação/triagem”.

Ao Novum  Canal, a porta-voz da associação ambientalista Jornada Principal, Marisol Marques, confirmou o pedido de esclarecimentos e voltou a defender o encerramento do aterro de Sobrado, em Valongo.

“Recentemente recebemos relatos de habitantes de Sobrado que começaram a chegar ao aterro da Recivalongo contentores marítimos com resíduos, na qual são depositados em aterro sem qualquer tipo de tratamento de separação/triagem para valorização e consequente introdução da “matéria prima” na Economia Circular”.

“Neste sentido, vimos por este meio questionar V.Exa. se a proibição da receção de resíduos importados imposta por V.Exa em 2020 ainda se mantém em vigor ou se a tutela determinou outra orientação no sentido de viabilizar a receção de resíduos importados em que a única finalidade seja o depósito em aterro”, lê-se na nota que a associação enviou ao Novum Canal,

 A Associação Jornada Principal, instituição que tem como propósito “promover o contacto com a natureza, valorizar a magnitude das paisagens de Sobrado”, partilhou na sua página oficial do facebook, várias fotografias da construção de um baloiço num dos pontos mais altos de Sobrado, tendo como objetivo mostrar o que considerou ser “a obscenidade do aterro”.

Fotografia: Associação Jornada Principal

“Estão, assim, convidados para, nos vossos passeios higiénicos, visitarem o “Baloiça do Vale da Cobra “. Agradecemos a todos os que tornaram possível este projeto, nomeadamente, o dono do terreno, oferta de materiais e aos construtores”, lê-se na publicação que a associação partilhou.

Refira-se, ainda, que a associação partilhou na sua página oficial uma petição pelo fim do aterro sanitário na vila de Sobrado, petição essa dirigida ao presidente da Assembleia da República que conta com 3.530 assinaturas.

A petição considera o “encerramento do aterro existente na Vila de Sobrado” como “essencial e imperativo, em prol da qualidade de vida de todos os cidadãos e em defesa do meio ambiente, não só desta união de Freguesias, como de todo o município”.

A petição adverte ainda que “é eminente o risco para a população deste Concelho, em especial para os sobradenses, nomeadamente, no que toca a saúde pública, à sustentabilidade agrícola e consequentemente à sustentabilidade económica das nossas gentes”.

O Novum Canal tentou obter uma reação por parte da empresa detentora do aterro relativamente à eventual “chegada de contentores marítimos com resíduos, na qual são depositados sem qualquer tipo de tratamento de separação/triagem”, mas até ao momento não conseguimos obter qualquer esclarecimento.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!