Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Reportagem: Ministro da Educação assinala regresso ao ensino presencial e garante que testagem entra numa fase mais exigente

Partilhar por:

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, visitou, esta segunda-feira, a Escola Básica n.º 2 de Paços de Ferreira, no regresso às aulas presenciais das crianças da educação pré-escolar e do 1.º ciclo.

Na deslocação à Capital do Móvel, o ministro confirmou que as  escolas continuam a assegurar um conjunto de procedimentos, nomeadamente cumprindo com todos os protocolos, fazendo a higienização das mãos, a higienização  dos espaços, mas também a utilização das máscaras, por indicação dos próprios encarregados de educação.

Aproveitando o regresso dos alunos deste ciclo ao ensino presencial, o governante destacou que as escolas são lugares seguros, tendo reiterado a importância de fomentar a testagem e a vacinação aos professores e pessoal não docente.

“É a Task Force que coordena todo este processo”, atalhou.

Referindo-se à testagem, o responsável pela pasta da educação declarou que o grau de positividade registado tem sido muito baixo, entre o 0,1 e 0,2%, num processo que iniciou numa fase em que as escolas ainda estavam abertas e continuou nas escolas de acolhimento e irá prosseguir já esta terça-feira numa fase mais exigente e com novas testagens e nos municípios com maior incidência.

O ministro, aos jornalistas, recordou que desde janeiro, o país já fez mais de 65 mil testes, avançando que o  processo de testagem vai entrar numa fase mais exigente, sustentando também que os estabelecimentos de ensino continuarão a garantir o cumprimentos dos procedimentos de forma a zelar pela segurança de todos os atores e agentes da comunidade escolar e fazendo das escolas lugares seguros.

Fotografia: Novum Canal

O presidente da Câmara de Paços de Ferreira, Humberto Brito, realçou que a reabertura destes estabelecimentos dá um sinal claro e inequívoco aos pais e encarregados de educação de que os estabelecimentos de ensino dispõem de condições e cumprem com as diretrizes para voltar a acolher os seus alunos.

O chefe do executivo recordou, também, que Paços de Ferreira, até há algum tempo atrás, foi o território com menor número de infetados percentualmente no distrito do Porto, números que crescerem nas ultimas semanas de forma ligeira, manifestando o desejo de que estes indicadores possam manterem-se baixos e ajudar na recuperação da economia local.

“Estaremos muito condicionados nas nossas vidas e mais uma vez lanço esse apelo à comunidade sobre a importância de cumprirmos todas as regras por forma a que Paços de Ferreira se mantenha como o concelho com o menor número de infetados”, precisou.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!