Novum Canal

mobile

tablet

Lousada não espera dificuldades adicionais no retomar do pré-escolar e do primeiro ciclo
Fotografia: Câmara de Lousada

Lousada não espera dificuldades adicionais no retomar do pré-escolar e do primeiro ciclo

Partilhar por:

O município de Lousada não espera dificuldades adicionais no retomar das aulas do pré-escolar e primeiro ciclo, cujas aulas reiniciaram presencialmente esta segunda-feira, de acordo com o plano de desconfinamento traçado pelo Governo.

O vereador da Educação da Câmara de Lousada, António Augusto, destacou que as escolas, neste caso, as creches, pré-escolar e 1.º ciclo, estão “rotinadas em procedimentos de segurança (circulações, intervalos desfasados, medição da temperatura, incremento do uso de álcool gel e mesmo no uso de máscara por opção dos pais)”, sustentando que “estas medidas já vinham a ser implementadas com sucesso e certamente irão garantir um regresso tranquilo”.

Ao Novum Canal, o autarca destacou que não espera encontrar dificuldades adicionais neste retomar das atividades letivas presenciais.

“Nenhuma dificuldade de maior para além das já existentes”, disse, sublinhando que no concelho as escolas estão devidamente preparadas para acolher novamente os alunos.

“O pessoal docente e não docente conhece e cumpre os procedimentos”, frisou, realçando que a higienização dos espaços foi igualmente garantida.  

“As escolas estiveram com as aulas suspensas mas não estiveram encerradas, pelo que as rotinas de higienização se mantiveram”, atalhou.

Lousada não espera dificuldades adicionais no retomar do pré-escolar e do primeiro ciclo
Fotografia: Câmara de Lousada

Questionado sobre qual é a expectativa dos pais e dos encarregados relativamente quanto a este regresso, o vereador responsável pelo pasta da educação manifestou que a maioria dos agregados familiares encara este reatar com satisfação.

 “A esmagadora maioria das famílias encara este regresso com satisfação. Sente que, independentemente da enorme dedicação de educadores e professores, o regimente presencial tem claras mais-valias nas aprendizagens, na socialização e no desenvolvimento de capacidades motoras e linguísticas das crianças”, expressou.

Quanto ao plano de desconfinamento apresentado na passada semana pelo Governo, no âmbito do Conselho de Ministros, António Augusto assumiu que o plano está bem desenhado técnica e cientificamente.

“Acredito que foi técnica e cientificamente muito bem preparado, nomeadamente com um programa de testes e vacinação. Contudo, preocupa-me que esta medida não possa, nesta fase, ser alargada aos alunos e disciplinas do ensino secundário objeto de exame nacional, o que introduziria alguma segurança na avaliação do 2º período e na preparação dos alunos”, avançou, admitindo, até pela dinâmica de alguns indicadores a nível europeu, que possa existir um retrocesso no plano de desconfinamento que foi definido pelo Governo, caso os valores e os critérios que foram definidos eventualmente venham a resvalar.

“Claro que todos tememos isso. Neste momento a dinâmica dos indicadores em alguns países da Europa, não indiciam nada de bom. A chave para evitar o retrocesso está na atitude de casa um de nós. Um crescente número de vacinados e um tempo mais quente que se avizinha, podem ser também nossos aliados”.

O autarca, em jeito de apelo, relembrou a necessidade dos munícipes continuarem a  cumprir com as regras definidas pelas autoridades de saúde, seja a nível nacional, seja a nível local.

“Que confiem nas escolas e que não aligeirem o cumprimento das regras amplamente difundidas para que Lousada continue a manter número extraordinariamente baixos de novos casos”, declarou.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!