Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

António Costa admite que reabertura terá de ser cautelosa e a conta-gotas
Fotografia: Página Oficial do Governo

António Costa admite que reabertura terá de ser cautelosa e a conta-gotas

Partilhar por:

O primeiro-ministro, António Costa, referiu, há instantes, em conferência de imprensa da apresentação do Plano de Desconfinamento, que a reabertura terá de ser feita de forma “cautelosa”, com “segurança” e a “conta-gotas.

O Chefe do Governo realçou o esforço efetuado pelos portugueses nos últimos meses, salientando que o país está melhor, com os indicadores a evidenciarem que estamos abaixo  número de novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias e abaixo com a linha vermelha que tinha sido definida pelos especialistas e peritos do Infarmed.

O primeiro-ministro confirmou,  no seu discurso, que apesar dos números serem melhores que os registados há duas semanas, urge continuar a cumprir com as regras definidas  pela autoridade nacional de saúde, fazendo  uma abertura gradual, faseada  e a contas-gotas, mantendo o dever geral de confinamento e a proibição de circulação entre concelhos nos próximos fins de semana.

Fotografia: Página Oficial do Governo

A este propósito, o Chefe do Governo confirmou que irá manter a proibição de circulação entre concelhos na semana anterior à Páscoa, no período entre 26 de março e 5 de abril.

Na sua alocução, o primeiro-ministro precisou que a abertura e o  aligeirar das restrições estará dependente da reavaliação quinzenal e assente em dois critérios: o número de novos casos por 100 mil habitantes 14 dias e a taxa de transmissibilidade.

Falando destes indicadores, António Costa confirmou que as medidas terão de ser atualizadas sempre que o número de 120 novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias for ultrapassado e o índice de transmissibilidade (T) for superior a 1.

Como notas finais, o Chefe de Estado recordou que a evolução da pandemia depende da evolução da crise sanitária e do comportamento dos portugueses.

O primeiro-ministro deixou ainda uma palavra de conforto às famílias que perderam familiares nesta terceira vaga, relevando o trabalho dos profissionais de saúde.

António Costa avançou, ainda, que o plano de desconfinamento vai ser acompanhado da execução do plano de vacinação e da nova estratégia de testagem, com reforço de testes.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!