Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Valongo: Centro de Recolha Oficial de Animais com capacidade quadruplicada
Fotografia: Câmara de Valongo

Valongo: Centro de Recolha Oficial de Animais com capacidade quadruplicada

Partilhar por:

O Centro de Recolha Oficial de Animais de Valongo vai ficar com a sua capacidade quadruplicada.  

A autarquia esclarece, em comunicado, que o Centro de Recolha Oficial de Animais (CROA) do Centro Veterinário Municipal de Valongo, que passará a ter 59 jaulas e uma área total de 832 metros quadrados e incluirá uma piscina para os cães.

“O projeto está concluído e a empreitada está orçada em 100.000 euros. Serão cumpridos os mais altos padrões de bem-estar animal. Cada jaula será individual, com área abrigada e descoberta, com exposição solar e corta-vento, com bebedouros automáticos e duas grelhas de recolha de dejetos. No exterior, além piscina para lavagem e/ou refrescamento dos animais, foi prevista uma área circular de exercício”, disse.

Fotografia: Câmara de Valongo

Citado em comunicado, o presidente da Câmara de Valongo, José Manuel Ribeiro realça que “dentro de alguns meses, teremos mais 44 novas jaulas e mais espaço para conseguirmos dar mais resposta ao problema do aumento do número de animais errantes no concelho”.  

O chefe do executivo acompanhou, esta quarta-feira, a finalização do projeto, nas instalações do Centro Veterinário Municipal.

O autarca  revelou que para diminuir o nascimento de ninhadas e subsequente abandono, a autarquia vai também implementar um programa solidário de esterilização dos animais de pessoas carenciadas.

“É um processo muito simples. As famílias só têm de solicitar na respetiva Junta de Freguesia o atestado de insuficiência económica e a Câmara Municipal oferece o cheque veterinário da esterilização”, explicou o autarca, referindo que já estão disponíveis para colaborar nesta iniciativa 7 clínicas veterinárias do Concelho de Valongo”, expressou, sustentando que “Valongo continua a destacar-se como uma das autarquias na vanguarda do bem-estar dos seus animais”.

O presidente do município relembrou que no atual ciclo governativo esta é já a segunda ampliação do CROA, que em 2018 duplicou a capacidade passando a poder albergar no total 30 animais.

Fotografia: Câmara de Valongo

“Além das medidas hoje anunciadas, a autarquia continua a apostar na adoção dos animais recolhidos no CROA do Centro Veterinário Municipal, em Campo, onde funciona uma autêntica «Praça da Adoção». Só nos últimos 15 dias, foram entregues para adoção 10 animais”, lê-se no comunicado que nos foi enviado que reforça que a todos os animais adotados através do Centro Veterinário Municipal, é “oferecida a esterilização, a vacinação antirrábica, a desparasitação e o dispositivo de identificação eletrónica (microchip).

Fotografia: Câmara de Valongo

“Em média, a autarquia gasta 100€ por cada animal que entrega para adoção”, acrescenta a nota de imprensa que relembra que “foi a primeira autarquia a nível nacional a esterilizar animais para adoção no próprio Centro de Recolha Oficial, em 2006. A esterilização estende-se agora também a colónias de animais errantes (CED), sobretudo de gatos, como forma de controlar a reprodução dos animais errantes”.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!