Novum Canal

mobile

tablet

Ordem dos Enfermeiros afirma ter identificado mais de 4500 enfermeiros por vacinar

Partilhar por:

 A Ordem dos Enfermeiros (OE), em conjunto com a Task-Force para o Plano de Vacinação contra a Covid-19, afirma ter identificado, “pelo menos, 4750 Enfermeiros que ainda não foram vacinados, além de 6000 estudantes de Enfermagem em Ensino Clínico”.

A OE esclarece, na sua publicação oficial, que “na sequência do inquérito lançado pela OE, responderam 1250 enfermeiros profissionais liberais e 3500 do SNS, setores privado e social. Este é um número que pode pecar por defeito, uma vez que se admite que nem todos os Enfermeiros por vacinar tenham respondido ao respectivo inquérito. No entanto, as listagens já foram enviadas à Task-Force, conforme combinado na reunião com o novo coordenador,  Vice-Almirante Henrique Gouveia e Melo, que nesse encontro garantiu a inclusão nos grupos prioritários para vacinação dos estudantes de Enfermagem em Ensino Clínico”.

A OE  avança, na mesma publicação que “a Task-Force, no âmbito do espírito de colaboração que agora existe com a OE, assegurou que a partir de 1 de Março estes profissionais começariam a ser chamados para vacinação”.

“Face a estes números, a OE não pode, no entanto, deixar de recordar e lamentar as falhas e abusos que pautaram o início do processo de vacinação, que demonstram como muitos profissionais de Saúde, que são a nossa única linha de defesa, ficaram por vacinar enquanto muitas outras pessoas foram vacinadas sem serem prioritárias, falseando o processo”, avança a instituição que esclarece que a “OE, aliás, não deixou de receber denúncias de vacinação indevida, que continuam a ser remetidas ao Ministério Público”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!