Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Doentes transplantados querem ser incluídos no grupo prioritário de vacinação da Covid-19

Partilhar por:

Fotografia: Associação de Transplantados Pulmonares de Portugal (ATPP)

Os doentes transplantados querem ser incluídos no grupo prioritário de vacinação da Covid-19.

A Associação de Transplantados Pulmonares de Portugal (ATPP) associando-se a esta pretensão dá inclusive voz a uma petição pública de uma doente transplantada renal, para tentar incluir os transplantados no grupo prioritário de vacinação da Covid-19.

A peticionária num pedido à diretora-geral da Saúde, Graça Freitas e à Ministra da Saúde, Marta Temido, recorda que faz parte dos transplantados renais, hepáticos, pulmonares e de outros órgãos sólidos, fazendo parte de um “grupo de grande risco” por serem “pessoas com baixa imunidade”.

“Em meu nome e em nome dos meus colegas transplantados renais, hepáticos, pulmonares e de outros órgãos sólidos em Portugal: fazemos parte de um grupo de grande risco por sermos pessoas com baixa imunidade devido ao facto, entre muitos outros, de tomarmos imunossupressores para o resto da nossa vida para não rejeitar-mos o órgão transplantado”, refere a peticionária que requer, em nome do grupo, serem incluídos na primeira fase da vacinação da Covid-19.

Fotografia: Associação de Transplantados Pulmonares de Portugal (ATPP)

“No meu caso, dos transplantados renais, temos a imunidade baixa por tomarmos medicamento imunossupressores tais como: o “Sandimmun” (ciclosporina) e o “CellCept mycophenolate mofeti”, refere, salientando que “CellCept reduz os mecanismos de defesa próprios do seu organismo para evitar que rejeite o rim, o coração ou o fígado transplantado”.

Por este motivo e por sabermos os riscos aos quais estamos expostos todos os dias por causa da pandemia da Covid-19 queremos ser vacinados o mais brevemente possível, sem termos limite de idade, porque ter 20 ou 80 anos os riscos são praticamente os mesmos”, lê-se ainda na petição.

A Associação de Transplantados Pulmonares de Portugal (ATPP) tem como objetivos “esclarecer, apoiar e defender os direitos dos candidatos a transplante pulmonar, transplantados e suas famílias”, tendo sido criada em março 2017, “por um grupo de transplantados pulmonares”.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!