Novum Canal

mobile

tablet

PCP assinala o centenário com mais de uma centena de iniciativas ao longo da semana

Partilhar por:

Fotografia:  PCP – Organização Regional do Porto

O PCP assinala ao longo da semana, no Porto, o centenário do partido promovendo mais de uma centena de atividades.

O partido esclarece, em comunicado, que ao longo desta semana irá evocar a sua história “heróica” de 100 anos de luta e “afirmando hoje o seu projeto de futuro”.

“Face à situação atual, marcada por graves problemas económicos e sociais e de saúde pública, em que a epidemia além dos seus efeitos diretos é aproveitada para promover retrocessos, para pôr em causa direitos políticos, económicos, sociais e culturais, afetando profundamente as condições de vida, o PCP não se cala, fará ouvir a sua voz, fará do seu centenário uma jornada de luta, sobre os problemas com que os trabalhadores, o povo e o País se confrontam, de mobilização e exigência para a sua resolução, de defesa e afirmação do seu ideal e do seu projeto libertador”, refere o partido, salientando que está até sábado de manhã irá manter  contacto com trabalhadores e proceder à distribuição de um folheto em que o PCP “reafirma o seu compromisso de sempre como Partido dos trabalhadores”.

“O partido que está ao seu lado todos os dias e cujo projeto é indissociável dos seus interesses e aspirações a uma vida melhor, à libertação de todas as formas de exploração e opressão”, refere o PCP na nota à comunicação social.

Já esta sexta-feira terá lugar uma sessão de homenagem aos “militantes comunistas, homens e mulheres, filhos do povo trabalhador, intelectuais e artistas que passaram pela cadeia da PIDE do Porto e foram alvo das mais violentas atrocidades como consequência da sua opção de não abdicar de lutar pelo derrube da ditadura e pela liberdade e a democracia no nosso país”.

A sessão está agendada para as 17 horas e terá lugar junto ao edifício onde funcionou a prisão da PIDE, atual Museu Militar, na Rua do Heroísmo, e contará com a participação de Paulo Raimundo, do secretariado do Comité Central.

Fotografia: PCP – Organização Regional do Porto

A semana terá o seu momento culminante no sábado, dia em que se assinala o centenário da fundação do PCP, em 6 de Março de 1921, sendo promovidas 100 ações por todo o país, sob o lema “Liberdade, Democracia, Socialismo – Pelos direitos, a melhoria das condições de vida e o progresso social. Contra a exploração e o empobrecimento”.

No distrito do Porto, a partir das 14h30 do dia 6 de Março, as ações realizar-se-ão na Avenida dos Aliados, em Gondomar, na Praça Manuel Guedes; na Maia, Parque Maia (junto ao Metro Fórum da Maia); em Matosinhos, Praceta Álvaro Cunhal, Senhora da Hora; na Póvoa Varzim, Praça do Almada; em Santo Tirso, Praça 25 de Abril e em Vila do Conde, Praça Vasco da Gama e em  Vila Nova de Gaia, Av. da República, junto ao Metro em “João de Deus”.

Em Valongo, a data será comemorada no Largo do novo Centro de Trabalho do PCP, em Ermesinde.

Também o Vale do Sousa e Tâmega se associam aos 100 anos do PCP com os comunistas a assinalarem a efeméride em Penafiel, na Praça do Município;  em Amarante, Alameda Teixeira Pascoais; em Paredes, Parada de Todeia, frente à Junta de Freguesia e em  Baião, junto ao Monumento a Soeiro Pereira Gomes, em Gestaçô.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!