Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Ministério da Educação reforça apoios extraordinários ao Associativismo Jovem

Partilhar por:

Fotografia: Câmara de Lousada

O Ministério da Educação vai reforçar as medidas excecionais e temporárias no âmbito dos apoios financeiros do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), atribuídos às associações juvenis e estudantis no ano de 2021, em resposta à situação pandémica causada pela doença Covid-19.

Segundo o gabinete do Ministro da Educação, “depois de um processo que acolheu contributos das entidades representativas do setor da juventude, designadamente do Conselho Nacional de Juventude (CNJ) e da Federação Nacional do Associativismo Jovem (FNAJ), acaba de ser publicada a portaria que reforça o conjunto de medidas extraordinárias já implementadas no ano passado (através da Portaria n.º 193/2020, de 10 de agosto), tendo em conta que o condicionamento na realização de atividades associativas exige iniciativas robustas de apoio ao setor, permitindo que as associações de jovens mantenham a sua atividade, dada a sua importância na formação de milhares de jovens”.

Fotografia: Câmara de Lousada

De acordo com o Governo, “estas medidas extraordinárias permitem que, durante o ano de 2021, as associações de jovens possam candidatar-se, além dos apoios previstos no regime geral, a dois apoios pontuais extraordinários no valor de 3 mil euros cada, assim como desenvolver atividades que tenham como objetivo a mobilização e resposta aos impactos da pandemia”.

Um outro aspeto que está vertido na nova portaria e que segundo o Ministério da Educação  merece destaque “prende-se com a diminuição do valor de autofinanciamento das atividades para 15%, bem como a valorização do trabalho prestado em regime de voluntariado pelos membros da direção da associação, enquanto contribuição em espécie até 50% do valor do autofinanciamento”.

O gabinete do Ministério da Educação preconiza, também, que “no sentido de dotar as associações de maior liquidez para o cumprimento dos seus planos de atividades, a percentagem de financiamento transferido na primeira tranche de apoio será mais alta”.

“Esta nova portaria enquadra-se no esforço do Governo de apoiar o setor da juventude, tendo em conta o trabalho meritório do associativismo jovem ao longo de todo o período pandémico, sendo exemplo disso um conjunto alargado de projetos de apoio à comunidade”, refere, ainda, o comunicado que se encontra publicado na página oficial do Governo.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!