Novum Canal

mobile

tablet

Mercadona integra Associação de Empresas Responsáveis

Partilhar por:

Fotografia: Mercadona

A Mercadona tornou-se membro da associação empresarial Grace, uma entidade de utilidade pública, sem fins lucrativos, que atua nas áreas da Responsabilidade Social e Sustentabilidade.

A empresa esclarece, em comunicado, que esta adesão, “em linha com as suas políticas de responsabilidade social”, “é uma oportunidade para continuar a desenvolver temas na área da sustentabilidade, como a luta contra o desperdício alimentar e o compromisso com a redução do plástico. Esta adesão representa também a possibilidade de manter um diálogo corporativo e amigável com outras empresas com preocupações semelhantes”.

Segundo a Mercadona, “O Grace foi fundado em fevereiro de 2000, por um conjunto de 7 multinacionais e outras entidades, com o objetivo de sensibilizar o tecido empresarial português para a importância da cidadania e responsabilidade social nas empresas. A associação assume-se como uma plataforma de partilha e de apoio às empresas na estruturação das suas políticas de Responsabilidade Social Corporativa (RSC) e Sustentabilidade e é, paralelamente, um elemento influenciador das políticas públicas e tendências nacionais e internacionais”.

“O Grace integra também a rede europeia do CSR Europe, líder em sustentabilidade e responsabilidade corporativa, apoiando setores da indústria e empresas a nível global, na transformação e procura de soluções práticas para o crescimento sustentável”, acrescenta a nota de imprensa.

Citada em comunicado, Margarida Couto, presidente do Grasse, em representação da Vieira de Almeida & Associados, refere que a “adesão da Mercadona ao Grace – Empresas Responsáveis é prova clara dessa missão de cidadania ativa de responsabilidade”.

“Nos conturbados e desafiantes tempos que vivemos, as empresas devem reforçar o seu papel enquanto atores comprometidos e envolvidos no desenvolvimento sustentável. A adesão da Mercadona ao GRACE – Empresas Responsáveis é prova clara dessa missão de cidadania ativa de responsabilidade, especialmente relevante por se tratar de uma empresa que opera num setor que tem estado na linha da frente durante a crise pandémica que vivemos! Com esta nova parceria, é também missão do GRACE contribuir e apoiar este novo Associado nesse desígnio”.

Fotografia: Mercadona

Já Ana Mendia, diretora de Responsabilidade Social da Mercadona Portugal, destaca que “para a Mercadona, a adesão ao Grace é uma oportunidade única de conhecer mais e melhor as boas práticas realizadas na área da responsabilidade social. É também um veículo de comunicação das ações que temos vindo a implementar, nomeadamente na defesa dos valores fundamentais em matéria de Direitos Humanos, Normas Laborais e Meio Ambiente, bem como na luta contra o desperdício alimentar e na doação de bens de primeira necessidade a pessoas carenciadas. O Grace é, sem dúvida, um espaço onde podemos discutir saudavelmente com outras empresas um conjunto de soluções práticas para o crescimento sustentável”.

A Mercadona realça que no âmbito do seu Plano de Responsabilidade Social colabora com mais de 290 cantinas sociais, 60 bancos alimentares e outras entidades sociais em Portugal e Espanha, às quais doa diariamente.

“Em 2020, a empresa doou a todas estas entidades e organizações um total de 17.000 toneladas de alimentos, 15.800 em Espanha e 1.200 em Portugal, quantidades que têm aumentado desde que a empresa tomou a decisão de reforçar os processos de doação de produtos de primeira necessidade a Cantinas Sociais e Bancos Alimentares. Da mesma forma, a Mercadona colabora de forma próxima com 32 fundações e centros ocupacionais na decoração das suas lojas com murais de trencadís (mosaicos típicos do Mediterrâneo), elaborados por mais de mil pessoas com incapacidade intelectual”, lê-se no comunicado que nos foi enviado que concretiza que outra linha estratégica do Plano de Responsabilidade Social da Mercadona é a sustentabilidade, dispondo a empresa de “um Sistema de Gestão Ambiental próprio, baseado nos princípios da Economia Circular e focado na otimização logística, na eficiência energética, gestão de resíduos, produção sustentável e na redução de plástico. Nesse sentido, a Mercadona, juntamente com os seus Fornecedores Totaler, trabalha na Estratégia 6.25 para alcançar um triplo objetivo em 2025: reduzir 25% do plástico, que todas as embalagens sejam recicláveis e ainda reciclar todos os resíduos de plástico”.

A empresa manifesta, ainda, que “pensando na mobilidade sustentável do “Chefe” (cliente), dispõe de 1.350 lugares de estacionamento com pontos de carregamento para veículos elétricos, colocados nos estacionamentos em mais de 500 lojas em Portugal e Espanha”.

“A Mercadona integra desde o ano de 2011 o Pacto Mundial das Nações Unidas para a defesa dos valores fundamentais em matéria de Direitos Humanos, Normas Laborais, Meio Ambiente e Luta contra a Corrupção. Em Portugal, em março de 2020, a Mercadona juntou-se à Smart Waste Portugal para promover a Economia Circular no país, tendo aderido também ao Pacto Português para os Plásticos. Esta plataforma colaborativa pretende fomentar a Economia Circular dos plásticos em Portugal e evitar que estes se transformem em resíduos”, refere a nota de imprensa.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!