Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Gondomar: Homem suspeito de violência doméstica fica com pulseira eletrónica

Partilhar por:

Fotografia: GNR

O homem, de 32 anos, detido pelo Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Porto, esta quinta-feira, suspeito de violência doméstica, no concelho de Gondomar, ficou com pulseira eletrónica

Segundo a GNR, “no âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, durante os cinco anos de relacionamento que manteve com a vítima, sua ex-companheira de 36 anos, dirigiu-lhe de forma reiterada injúrias e ameaças de morte. Apurou-se ainda que, desde o fim do relacionamento no ano de 2018, o agressor começou a perseguir a vítima constantemente, tentando controlar a sua vida e a sua rotina, dirigindo-lhe novas ameaças de morte fazendo referência ao uso de armas de fogo, o que culminou no cumprimento de um mandado de detenção”.

Fotografia: GNR

A Guarda destaca que “o detido foi presente, hoje, dia 26 de fevereiro, a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de adquirir ou deter armas de qualquer natureza, afastamento da residência da vítima, proibição de a contactar por qualquer forma ou meio e de se aproximar dos locais frequentados por esta num raio de 800 metros, controlado por pulseira eletrónica”.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!