Novum Canal

mobile

tablet

Ordem dos Enfermeiros apresenta propostas para fortificar acesso aos cuidados de saúde mental

Partilhar por:

“Integrar Enfermeiros Especialistas em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica nas unidades de cuidados de Saúde, a criação do cheque Saúde Mental” fazem parte de um leque de propostas que a Ordem dos Enfermeiros (OE) enviou à Comissão Parlamentar de Saúde.

Na missiva enviada à presidente da Comissão Parlamentar de Saúde, a OE refere que “os serviços de saúde hospitalares devem ser dotados de condições e meios que permitam o acompanhamento à distância (teleconsulta) por Enfermeiros Especialistas em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica”, defendendo, também, que “as equipas de saúde escolar devem integrar Enfermeiros Especialistas em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica”.

A OE diz ser a favor de um debate alargado com vários profissionais da saúde, tendo como tema os efeitos da pandemia na saúde mental dos portugueses.

A estrutura que representa os enfermeiros sustenta, por outro lado, que “é imperioso os peritos e decisores identificarem e implementarem um conjunto de medidas de apoio e suporte no âmbito do acesso e adequação dos cuidados de saúde mental”, face “à situação de pandemia que se vive há um ano, com a imposição de distanciamento, obrigação de permanência no domicílio, quarentenas profilácticas, confinamento e isolamento social”,

Fotografia: Ordem dos Enfermeiros

A OE confirma que os profissionais da área de enfermagem estão disponíveis para participarem neste processo, cumprindo com uma recomendação da Organização Mundial de Saúde que recomenda a “participação ativa dos enfermeiros no desenvolvimento e implementação de políticas e planos na área da saúde mental, designadamente de Enfermeiros Especialistas em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica”.

A missiva destaca que “os enfermeiros estão entre os profissionais de saúde que, em maior proximidade, asseguram a resposta às necessidades de saúde dos doentes, pelo que o seu papel é determinante na identificação das situações e acompanhamento das mesmas”, propondo que “o  acesso a cuidados de saúde mental seja agilizado em três dimensões: cuidados de saúde, saúde escolar e proteção da doença”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!