Novum Canal

mobile

tablet

Paços goleado pelo Benfica

Associações Distritais e Regionais de Futebol não compreendem Governo

Partilhar por:

Foto: DR

As Associações Distritais e Regionais de Futebol continuam na “luta” com o objetivo de conseguirem apoios para as associações de futebol que viram as suas provas paradas e sem previsão de retorno.

Agora juntaram-se e emitiram um comunicado conjunto que mostra o desagrado das diferentes associações ao Governo. A principal crítica baseia-se no facto de o Governo Português não ter incorporado o desporto no Plano de Restruturação e Resiliência que terá uma “bazuca” europeia de 13 900 milhões de euros. 

No comunicado, as associações dizem que “o setor do desporto tem sofrido um enorme impacto com o aparecimento da pandemia covid – 19” e que por isso “não compreendem o critério aprovado e, por esta via, manifestam o seu descontentamento, já que nos causa estranheza o facto do desporto não se encontrar contemplado em tão importante documento, considerado fundamental para o desenvolvimento de Portugal durante a atual década”.

As Associações Distritais e Regionais de Futebol acrescentam ainda que “esta decisão coloca em causa, de uma forma decisiva, a sobrevivência da já debilitada atividade de muitas centenas de clubes e, assim, assistirmos ao progressivo colapsar do tecido associativo desportivo do nosso país, com todas as consequências dramáticas que isso implicará em termos de coesão territorial da nossa sociedade. Os clubes filiados nas Associações Distritais e Regionais de Futebol são os responsáveis pela realização de milhares de jogos semanais, movimentando várias dezenas de milhar de cidadãos, que proporcionam uma atividade semanal ao longo do ano, sendo considerado um setor de atividade económica com grande capacidade de atrair investimento e uma boa fonte de receita fiscal para o Estado”.

Ao Estado pedem “que seja tomado em consideração toda esta situação, já que as competições distritais assumem um papel de relevo no desenvolvimento desportivo, mas também social e económico das regiões e do país”.

O documento vai ser enviado ao Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Dr. Fernando Gomes, ao Secretário de Estado da Juventude e Desporto, Dr. João Paulo Rebelo, Secretário de Estado do Planeamento, Eng. Ricardo Pinheiro.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!