Novum Canal

mobile

tablet

Penafiel: Utentes com mais de 80 anos começam a ser vacinados esta terça-feira

Partilhar por:

Fotografia: Câmara de Penafiel

Os utentes com 80 anos ou mais anos e 50 ou mais anos com várias patologias associadas, começam  a ser vacinados contra a Covid-19 esta terça-feira.

A autarquia esclarece que entre esta terça-feira e até sexta-feira estima-se que serão vacinados 560 utentes com mais de 80 anos nos concelhos que fazem parte do  ACES Vale do Sousa Sul – Penafiel, Paredes e Castelo de Paiva.

Entre quinta e sexta-feira estima-se que sejam vacinada cerca de 250 pessoas com mais de 50 anos e com comorbilidades.

Entre estes utentes que vão ser vacinados neste dias estão os que têm “insuficiência cardíaca, doença coronária, insuficiência renal, doença pulmonar obstrutiva crónica, doença respiratória crónica com suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração”.

O município esclarece que “todos os utentes estão a ser convocados pelos serviços do ACES através de contacto telefónico, pelo que se pede à população especial atenção aos telemóveis e telefones, nomeadamente, a familiares e cuidadores dos mais vulneráveis e idosos”, ressalvando que na passada sexta-feira terminou o processo de vacinação nos lares, operação que envolveu 929 profissionais e 811 utentes.

Fotografia: Câmara de Penafiel

A câmara avança, ainda, que enviou recentemente informação sobre o processo de vacinação, recordando que, até ao final de fevereiro, as vacinas vão ser administradas no centro de saúde, sendo que a partir de março, devido ao aumento do número de vacinas disponíveis, este processo vai passar a ser realizado no Centro de Vacinação, instalado no Pavilhão de Feiras e Exposições.

Já os munícipes de Rio Mau e Sebolido, por uma questão de proximidade geográfica e de acesso aos cuidados de saúde primários, serão vacinados no Centro de Vacinação localizado no Pavilhão Multiusos de Gondomar.

A autarquia relembra que existem três fases de vacinação, a primeira fase que está ainda a decorrer, direcionada às pessoas com 50 ou mais anos com insuficiência cardíaca, doença coronária, insuficiência renal, doença pulmonar obstrutiva crónica, doença respiratória crónica com suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração; pessoas com 80 ou mais anos; residentes em lares e internados em unidades de cuidados continuados e respetivos profissionais; profissionais de saúde diretamente envolvidos na prestação de cuidados; e forças de segurança.

A segunda fase tem como público-alvo pessoas com 65 ou mais anos e a população dos 50 anos e até aos 64 com patologias associadas, como diabetes, neoplasia maligna ativa, doença renal, insuficiência hepática, obesidade, hipertensão arterial e outras patologias que poderão entretanto ser incluídas.

A terceira fase prevê que toda a restante população seja vacinada.

A câmara adverte que os munícipes que pretendam requerer o transporte até ao local de vacinação devem contactar a sua junta de freguesia.

“O município apela, mais uma vez, ao responsável cumprimento das medidas de combate ao Covid-19 em vigor no nosso país e relembra que continua a acompanhar de forma rigorosa a situação pandémica, em estreita ligação com as autoridades de saúde locais e nacionais”, lê-se na nota de imprensa.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!