Novum Canal

mobile

tablet

Estrutura de Apoio de Retaguarda de Paços de Ferreira reforçada com aumento de camas

Partilhar por:

Fotografia: Câmara de Paços de Ferreira

A Estrutura de Apoio de Retaguarda de Paços de Ferreira, a funcionar Hospital da Misericórdia de Paços de Ferreira, a segunda a ser implementada em território nacional, viu a sua capacidade ser reforçada com aumento de camas.

Esta quarta-feira, dia em que a estrutura completou dois meses da data em que passou a funcionar no antigo Hospital da Misericórdia de Paços de Ferreira, num espaço disponibilizado pela câmara municipal, o vereador e vice-presidente da autarquia pacense destacou que o equipamento já “recebeu um total de 56 utentes, aos quais corresponde um tempo médio de internamento de 13 dias, perfazendo dessa forma um total de 728 dormidas”.

O autarca assumiu, numa mensagem partilhada na sua página oficial do facebook, que a entrada em funcionamento desta estrutura contribuiu  “não só os problemas decorrentes da atividade das ERPIS, mas também a pressão sobre os Hospitais do Serviço Nacional de Saúde”.

O vice-presidente esclareceu, ainda, que a unidade tem, neste momento, 22 utentes internados, com perspetivas deste número aumentar para o máximo da capacidade instalada nos próximos dias.

Fotografia: Câmara de Paços de Ferreira

O autarca avançou, ainda, que face à pressão decorrente do aumento de novos casos no distrito do Porto e no país, o “Serviço Municipal de Proteção Civil, em articulação com as entidades distritais gestoras da infraestrutura, promoveu a dotação de mais oito camas articuladas, para um total de 27”.

“Isto faz com que a EAR de Paços de Ferreira, seja, neste momento, a estrutura mais diferenciada do distrito, tendo já admitido utentes com necessidades especiais de oxigénio e também de ventilação não invasiva”, disse, relevando o trabalho dos médicos, enfermeiros e auxiliares.

“Estes cuidados, diferenciados e de nível hospitalar, jamais seriam possíveis de concretizar numa estrutura destas, sem o elevado profissionalismo de todos quantos lá trabalham, auxiliares, enfermeiros e médicos, aos quais deixamos aqui o nosso mais profundo reconhecimento”, frisou.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!