Novum Canal

mobile

tablet

Administradas 870 vacinas a utentes e profissionais em Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras

Partilhar por:

Fotografia: DGS

O ACeS Tâmega III – Vale do Sousa Norte, que integra os concelhos de Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras, concluiu, no dia 23 deste mês, o processo de vacinação contra a Covid-19, aos residentes e profissionais de Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) e instituições similares, bem com, aos utentes e profissionais das Unidades da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), tendo administrado 870 vacinas, a utentes (466) e a profissionais (404) das ERPI’s e UCCIs.

O ACeS Tâmega III – Vale do Sousa Norte, em comunicado, referiu que estas pessoas encontram-se integradas na 1.ª fase do processo vacinal contar o SARS-COV-2, por serem elegíveis como grupos prioritários, de acordo com o estipulado no Plano Vacinação contra a Covid-19.

Neste processo, a instituição esclareceu que “não foi possível iniciar a vacinação em três instituições por se encontrarem com surto ativo, duas no concelho de Paços de Ferreira e uma no concelho de Felgueiras. Estas entidades serão alvo de vacinação, assim que os respetivos surtos sejam declarados extintos”.

Até à data, foram, também, vacinados 239 profissionais de Saúde do ACeS.

O ACES Tâmega III – Vale do Sousa Norte  clarifica “que de acordo com Plano de Vacinação contra a Covid-19, a vacina, será universal, gratuita e facultativa, e sua disponibilização à população de forma faseada, estando previstas três fases para a sua execução”.

Fotografia: DGS

A estrutura relembra que “toda a população Portuguesa poderá ser vacinada, desde que seja elegível de acordo com as indicações clínicas aprovadas para cada vacina na União Europeia. Contudo, foram definidos grupos prioritários, por estarem mais vulneráveis à Covid-19”, acrescenta, sustentando que as unidades saúde deste ACeS “contactarão os utentes em função da sua elegibilidade, para a administração da vacinação contra a Covid-19”, num processo que, segundo a instituição, “permite proteger-nos individualmente contra a doença e suas complicações, bem como contribuir para a proteção da saúde pública, através da imunidade de grupo”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!