Novum Canal

mobile

tablet

Bombeiros do Marco de Canaveses vão ter segunda Equipa de Intervenção Permanente

Partilhar por:

Fotografia: Câmara do Marco de Canaveses

Os Bombeiros Voluntários do Marco de Canaveses vão, em breve, passar a contar com uma segunda Equipa de Intervenção Permanente (EIP).

Segundo a autarquia, a reivindicação por parte do município e dos Bombeiros Voluntários do Marco de Canaveses acabou por ter um desfecho positivo com a secretária de Estado da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, numa reunião, por videoconferência, que contou  com as presenças da presidente da Câmara Municipal, Cristina Vieira, o Comandante dos Bombeiros Voluntários do Marco de Canaveses, Sérgio Silva, e o Coordenador do Serviço Municipal de Proteção Civil, Josias Alves, a disponibilizar para criar as condições para a formação de uma segunda EIP, que até ao final do primeiro trimestre de 2021.

Citada em comunicado, a chefe do executivo do Marco de Canaveses, realçou que a governante mostrou-se enquadrada e sensibilizada com a realidade do concelho.

A autarca esclareceu que a nova equipa, composta por cinco elementos qualificados, em conjunto com a equipa já existente, duplicará a prontidão e capacidade de resposta às necessidades da população.

Fotografia: Câmara do Marco de Canaveses

Também citado em comunicado, o comandante dos Bombeiros Voluntários do Marco de Canaveses reforçou que a EIP é uma “equipa constituída por elementos com formação para qualquer ocorrência e de resposta imediata”, admitindo que a criação de uma segunda equipa virá reforçar a capacidade de resposta dos bombeiros.

O comandante manifestou que o território é servido por um único corpo de bombeiros, tendo esclarecido a governante da necessidade de “continuar a investir na complementaridade entre o voluntariado e a profissionalização de um conjunto de bombeiros que garantam, em permanência, a prontidão e capacidade de resposta”.

O município avançou que Patrícia Gaspar mostrou-se “sensibilizada com a qualidade e inovação do projeto do Serviço Municipal de Proteção Civil do Marco de Canaveses de sensibilização pública, informação e formação intitulado “Cidadania – Educação para os Riscos e Autoproteção”.

“O projeto, que é desenvolvido em parceria com os agrupamentos escolares, com os agentes de proteção civil do concelho e com as juntas de freguesia, é já candidato ao «Prémio de Reconhecimento e Boas Práticas Locais em Matéria de Promoção da Resiliência» da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil”, acrescenta o comunicado que nos foi enviado que esclarece que a secretária de Estado da Proteção Civil foi informada do convite lançado à autarquia “pelas Academias das Artes Portuguesa e da Guiné Bissau para desenvolver um projeto de cooperação internacional destinado a contribuir para o desenvolvimento da proteção civil na Guiné Bissau”.

Fotografia: Câmara do Marco de Canaveses

Ainda de acordo com a Câmara do Marco de Canaveses, a governante manifestou “interesse na iniciativa e disponibilizado apoio institucional das autoridades nacionais no sentido da boa operacionalização do projeto”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!