Novum Canal

mobile

tablet

Presidente da Junta de Freguesia de Raimonda condena descarga ilegal de águas residuais

Partilhar por:

Fotografia: Junta de Freguesia de Raimonda

O presidente da Junta de Freguesia de Raimonda, Jocelino Moreira, condenou a descarga ilegal de resíduos que aconteceu, no último sábado, naquele que será o futuro parque da freguesia.

Ao Novum Canal, o autarca, que denunciou a situação na página oficial da junta de freguesia, realçou que foi avisado para a situação e assim que se dirigiu ao local verificou a existência de águas residuais, com cheiros nauseabundos.

Jocelino Moreira recordou que o espaço onde foi feita a descarga foi outrora um local ermo, mas mais recentemente a junta de freguesia procedeu à limpeza das margens, conferindo àquele que será o futuro parque da freguesia, cuja abertura está prevista para o Verão, uma nova dignidade.

O autarca fala em falta de respeito para com os cidadãos da freguesia e  o ambiente, salientando que enquanto garante máximo da comunidade tem o dever de zelar pelo património e denunciar estas situações sempre que acontecem.

Fotografia: Junta de Freguesia de Raimonda

O responsável pelo executivo da freguesia avançou mesmo que os prevaricadores têm se ser punidos, tendo já encaminhado esta situação para as entidades competentes.

Na sua página oficial o autarca deixou uma mensagem, com o título “já Chega!” onde critica aquilo que diz ser a “estupidez” humana.

“….Felizmente que as fotos (ainda) não dão para sentir o cheiro porque o que se sente, neste momento, no Parque é horrível. A montante das águas que alimentam o rio e a lagoa alguém procede a descarga ilegal de resíduos. Fomos chamados ao local e o cenário é dantesco! No passado sábado foi igual… Alguém está a cometer um crime ambiental. Alguém está a brincar com o dinheiro público já investido no local. Alguém que gozar com as milhares de horas de trabalho voluntário oferecidas de bom gosto para o bem comum.  Alguém que, se não resolver o problema rápido e acabar com este atentado saberá o que lhe vai custar esta “brincadeira”, referiu, sustentando que a “participação já partiu para o Ministério do Ambiente, Brigada Territorial Ambiental da GNR, Câmara e Polícia Municipal”.

“Tentamos passar a mensagem que tal não podia continuar. Falamos com muitas pessoas. Não sabemos nem conhecemos a origem mas, o prevaricador ficará certamente a saber nos próximos dias!!!!”, expressou.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!