Novum Canal

mobile

tablet

Lousada: Homens suspeitos por violência doméstica ficam com pulseiras eletrónicas
Fotografia: Foto ilustrativa

Amarante: Homem suspeito de violência doméstica fica com pulseira eletrónica

Partilhar por:

Ficou com pulseira eletrónica o homem, de 21 anos, detido no dia 16 de janeiro, pelo Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Penafiel, por suspeita de violência doméstica, no concelho de Amarante.

Segundo a GNR “no âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, movido por ciúmes, passou a controlar todos os movimentos da vítima, sua namorada de 21 anos, e a ter um comportamento violento com ela, dirigindo-lhe diversas ameaças de morte e agredindo-a fisicamente. Foi ainda possível apurar que, num destes episódios, o agressor tentou ferir o rosto da vítima com um x-ato, provocando-lhe ferimentos nos membros superiores enquanto esta se tentava defender do suspeito. Os militares da Guarda apuraram ainda que o agressor forçou a vítima a ter relações sexuais contra a sua vontade, tendo-lhe ainda partido três telemóveis e obrigado a mesma fornecer-lhe os códigos de acesso para as contas nas redes sociais”.

A Guarda informa que “num dos últimos episódios de violência, o agressor sequestrou a vítima, colocando-a na mala da sua viatura e transportando-a até sua casa, onde a manteve contra a sua vontade durante dois dias, até que a mesma conseguisse fugir e refugiar-se em casa dos seus pais, onde chamou as autoridades e denunciou a situação. Após esta situação, o suspeito dirigiu-se novamente a casa da vítima, onde tentou forçar a entrada na residência através de pontapés e murros na porta, conduta que culminou com o cumprimento do mandado de detenção do agressor e com a apreensão de um veículo e diversas armas brancas”.

As autoridades esclarecem que o detido “foi presente, no dia 16 de janeiro, a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Paredes, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de afastamento da residência da vítima e proibição de a contactar por qualquer forma ou meio, controlado por pulseira eletrónica”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!