Novum Canal

mobile

tablet

Comissão Política do PSD Cinfães repudia declarações do presidente da autarquia

Partilhar por:

Fotografia: PSD Cinfães

A Comissão Política de Secção do PSD Cinfães repudia, em comunicado/direito de resposta, as declarações prestadas ao Novum Canal pelo presidente da autarquia, Armando Mourisco, relativamente à construção de um novo eixo a 400kv desde a Feira (subestação) até Ribeira de Pena.

Ao Novum Canal, a Comissão Política de Secção avança que as declarações proferidas pelo chefe do executivo “são proferidas por alguém que já não está a pensar nos cinfanenses e na sua saúde, mas sim na sua carreira política”.

“Depois dos comentários do Presidente do Município, Enf. Armando Mourisco, ao voto contra do PSD, relativamente à construção de um novo eixo a 400Kv desde a Feira (subestação) até Ribeira de Pena, o PSD não poderia deixar de usar o direito de resposta para referir o seguinte: as declarações do Presidente do município, são proferidas por alguém que já não está a pensar nos Cinfanenses e na sua saúde, mas sim na sua carreira política. Só assim se percebe que não esteja ao lado da população, mas sim, ao lado dos grandes interesses económicos como é o caso da REN, algo que de resto já se tem verificado com as Águas do Norte”, referem os sociais-democratas que reiteram que a exposição do “ser humano às ondas eletromagnéticas é um risco real para a comunidade”.

Fotografia: PSD Cinfães

“Ao contrário do que afirma o Sr. Presidente, a exposição do ser humano às ondas eletromagnéticas é um risco real, tão real, que levou o governo do seu partido em 2018 a lançar a lei 11/2018 que define regras para o planeamento, licenciamento, construção e exploração de linhas de alta tensão e muito alta tensão, de forma a minimizar e monitorizar a exposição das pessoas a campos magnéticos, elétricos e eletromagnéticos”, refere o mesmo comunicado/direito resposta que esclarece que “nessa mesma lei, o governo proíbe a construção de novas linhas sobre zonas residenciais e escolas, entre outras… E é precisamente sobre zonas habitacionais e perto de escolas que a maioria socialista deu parecer favorável ao aumento de potência nesta linha que atravessa o concelho”.

A Comissão Política de Secção do PSD Cinfães nega que a “linha sirva o concelho de Cinfães e os cinfanenses”.

“É mentira, que esta linha sirva o concelho de Cinfães e os Cinfanenses, logo nunca estaria em causa o abastecimento de eletricidade ao nosso concelho, nem a melhoria da prestação deste serviço às populações”, sustenta o PSD recordando que “ao contrário do que afirma, que o PSD “quer voltar ao tempo das velas e lampiões”, por diversas vezes “o PSD alertou para a necessidade de reforçar a iluminação pública nalguns locais, bem como o reforço de potência em determinadas zonas do concelho onde esta é, manifestamente, insuficiente para as necessidades da população, sem que o município tenha conseguido até ao momento resolver o problema”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!