Novum Canal

mobile

HOJE

tablet

Publicidade

Alijó aplica 3,7 milhões de euros para garantir habitação condigna a famílias carenciadas

Fotografia: Câmara de Alijó

3,7 milhões de euros é quanto a Câmara de Alijó vai aplicar para garantir o acesso a uma habitação digna a “168 famílias do concelho, num total de 465 pessoas que vivem em condições precárias”.

A autarquia esclarece, na sua página oficial do facebook, que este investimento, que foi assinado hoje pelo município e pelo Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU), vai ser implementado no âmbito do “1º Direito – Programa de Apoio ao Acesso à Habitação”.

O município avança que a “Estratégia Local de Habitação vai permitir o alargamento do parque habitacional municipal, com a aquisição e reabilitação de mais 22 fogos, e a reabilitação de 145 habitações sociais já existentes distribuídas por todo o concelho.

Além destas intervenções, autarquia vai apoiar na “elaboração de candidaturas a 25 agregados familiares com habitação própria que vivem em condições precárias”.

A autarquia informa,  na mesma publicação e com base nas declarações do presidente da câmara,  José Paredes, que a Estratégia Local de Habitação é “um documento evolutivo” que poderá abranger outras situações, nomeadamente as resultantes da crise sanitária.

Fotografia: Câmara de Alijó

A câmara municipal assegura que “Alijó assinou o 11º acordo de colaboração a nível nacional, sendo o primeiro da região Interior Norte a fazê-lo.

“O “1.º Direito” dá resposta às famílias mais carenciadas e a grupos mais vulneráveis, que não têm resposta a não ser através da habitação social ou, mesmo tendo habitação própria, não têm capacidade de reabilitar as suas habitações”, refere o texto da publicação.

Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!