Novum Canal

mobile

tablet

Obra de requalificação do Largo do Conde inicia esta segunda-feira

Partilhar por:

Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

Inicia esta segunda-feira a obra de requalificação da Praça da Independência e do Largo do Conde, em Castelo de Paiva.

O arranque da intervenção vai contar com a presença do Secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, que preside à cerimónia que assinala o inicio da obra, integrada no projeto de Regeneração Urbana da Vila, denominada de “ Arranjo urbanístico da Praça da independência e do Largo do Conde “, uma intervenção financiada pelo Norte 2020 e no PDCR da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa.

O presidente da autarquia paivense, Gonçalo Rocha, esclarece, na sua publicação oficial do facebook, que a intervenção tem como objetivos “reduzir as áreas de circulação viárias”, proceder à “plantação de mais espécies arbóreas e arbustivas promovendo a biodiversidade local e promover a mobilidade pedonal e ciclável, removendo os obstáculos físicos e desníveis que dificultem a deslocalização”.

A intervenção visa, também, a “melhoria da qualidade estética, paisagística e urbanística; diminuir o impacto arquitetónico de edifícios em mau estado de conservação assim como beneficiar a contemplação de edifícios de maior interesse e preservar e enaltecer o caráter histórico e cultural deste Espaço Público”.

O chefe do executivo manifesta que a empreitada tem, também, como metas “promover o conceito de desenvolvimento sustentável e preservação ambiental na utilização de métodos de recolha de águas pluviais capazes de separa o lixo acumulado” e fomentar a “criação de espaços que facilitem a instalação de estruturas associadas ao comércio local”.

Gonçalo Rocha, numa referência  à importância deste espaço, localizado mesmo no centro da vila declara que o Largo do Conde está associado à história do concelho, “sendo uma imagem de referência ou um cartão de visita” do município.

“Neste centro urbano as pessoas vivem e convivem. Por aqui, todos os paivenses já partilharam momentos, quer sejam de trabalho, de acesso a serviços ou mesmo de convívio e festa. O financiamento comunitário associado ao Plano de Ação de Regeneração Urbana, com uma comparticipação de 85%, permite-nos avançar com a requalificação deste espaço.  Estes fundos estão alocados a este tipo de intervenção e não poderiam ser usados para outro tipo de ações. Por isso mesmo, esta é uma oportunidade única, que queremos agarrar, com um projeto ambicioso, que assenta num conceito minimalista, funcional e esteticamente apelativo, sem retirar as características únicas que este espaço permite”, refere na mesma publicação.

Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

O projeto de requalificação urbana é financiado pelo Norte 2020 em 85% e pela edilidade paivense em 15%.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!