Novum Canal

mobile

tablet

Governo disponibiliza página dedicada à vacinação contra a Covid-19

Partilhar por:

Fotografia: DGS

O Governo disponibiliza, a partir deste sábado, uma nova página tendo como pano de fundo a vacinação contra a Covid-19, numa iniciativa em articulação com a task-force, a Direção-Geral da Saúde (DGS) e os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS).

A Direção-Geral de Saúde (DGS) avança, na sua página oficial, que o portal já tinha sido previamente anunciado “pelo coordenador da task-force responsável pela elaboração do Plano de Vacinação contra a Covid-19 e vai ser atualizado permanentemente, respondendo à evolução do processo de vacinação, que se inicia amanhã (dia 27 de dezembro)”.

De acordo  com a DGS, a informação plasmada no portal é de linguagem simples e clara, respondendo  a várias questões, sobre as fases da vacinação, grupos prioritários, a eficácia da vacina, entre outras.

O portal permite, também, aceder a outras questões como quando posso ser vacinado, os efeitos secundários das vacinas ou o que fazer após estar vacinado, como é administrada a vacina, onde serão administradas as vacinas, o que fazer após a primeira dose, o que fazer se não me sentir bem na data da segunda dose, temas relacionados com a monitorização do processo.

Fotografia: DGS

O portal permite ao utilizador da página aceder a um simulador e obter informações quando será chamado pelo SNS para vacinação, quais os contactos disponíveis e linhas de apoio para quem pretende obter mais esclarecimentos sobre o Plano de Vacinação assim como a sua execução, durante o ano de 2021.

De acordo com a DGS, o plano de vacinação determina que na fase 1, que iniciará já esta domingo, a vacina seja administrada primeiramente a “profissionais de saúde envolvidos na prestação de cuidados a doentes; profissionais das forças armadas, forças de segurança e serviços críticos; profissionais e residentes em Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) e instituições similares e  a profissionais e utentes da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI)”.

Ainda de acordo com as autoridades de saúde, a partir de fevereiro de 2021 seguem-se “as pessoas de idade ≥50 anos, com pelo menos uma das seguintes patologias: insuficiência cardíaca; doença coronária, insuficiência renal (Taxa de Filtração Glomerular < 60ml/min); (DPOC) ou doença respiratória crónica sob suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração”.

Na fase dois, que inicia a partir de abril de 2021, seguem-se os utentes de “idade ≥65 anos (que não tenham sido vacinadas previamente); pessoas entre os 50 e os 64 anos de idade, inclusive, com pelo menos uma das seguintes patologias: diabetes; neoplasia maligna ativa; doença renal crónica (Taxa de Filtração Glomerular > 60ml/min); insuficiência hepática;  hipertensão arterial; obesidade e outras patologias com menor prevalência que poderão ser definidas posteriormente, em função do conhecimento científico”.

Na fase 3, em data a determinar após a conclusão da segunda fase, será a vez da “restante população elegível, que poderá ser igualmente priorizada”.

Refira-se que o Plano de Vacinação pode “sofrer alterações em função da evolução do conhecimento científico e das indicações e contraindicações que venham a ser aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos”.

Recorde-se que o Plano de Vacinação inicia já este domingo.

O anúncio foi feito pela Ministra da Saúde, na conferência de imprensa, após a reunião entre o grupo de trabalho de coordenação do plano de vacinação, o primeiro-ministro António Costa, que participou por videoconferência, e outros membros do Governo.

Conforme referiu a governante, a entrega dos primeiros lotes da vacina da Pfizer foi feita já este sábado, depois de aprovada pela Agência Europeia do Medicamento.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!