Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

AHRESP congratula-se com decisão de alargar microcrédito às pequenas empresas

Partilhar por:

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) congratula-se com a decisão do Governo alargar o microcrédito do Turismo de Portugal às pequenas empresas.

“Como sempre defendeu a AHRESP, a linha de apoio à tesouraria do Turismo de Portugal, inicialmente destinada apenas a microempresas, foi agora alargada a pequenas empresas, aumentando a sua dotação para 100 milhões de euros”, refere a associação que destaca esta decisão vai permitir “que um universo muito mais abrangente de empresas em dificuldades possam aceder a um apoio financeiro simplificado e rápido, sem juros, e com uma componente a fundo perdido”.

A AHRESP avança, ainda, que com base numa das maiores plataformas imobiliárias nacionais, a oferta de unidades hoteleiras cresceu no mercado nacional.

“De acordo com uma das maiores plataformas imobiliárias nacionais, a oferta de unidades hoteleiras cresceu no mercado nacional, desde que foi decretado o estado de emergência, em março. No final de outubro, havia 166 hotéis à venda em Portugal, mais 4% do que em março, o que reflete de forma clara o impacto da pandemia no setor turístico. A região Centro lidera a lista de imóveis de turismo disponíveis no mercado, com 53 unidades em outubro, o que representa um aumento de 15% face ao número de hotéis anunciados em março. Segue-se a região Norte e o Algarve, com 37 e 29 hotéis anunciados para venda, respetivamente, no final de outubro”, avança.

A AHRESP esclarece ainda que, de acordo com os resultados provisórios das Contas Regionais de 2019, agora divulgadas pelo INE (Instituto Nacional de Estatística), o alojamento, restauração e similares deram um forte contributo no crescimento do PIB no ano transato.

“De acordo com os resultados provisórios das Contas Regionais de 2019, agora divulgadas pelo INE (Instituto Nacional de Estatística), no ano passado todas as regiões registaram crescimentos do PIB em termos reais, tendo a Área Metropolitana de Lisboa e o Algarve (ambas com 2,6%), a Região Autónoma dos Açores (2,4%) e o Centro (2,3%) crescido acima da média nacional (2,2%). O crescimento do PIB na Área Metropolitana de Lisboa, no Algarve e na Região Autónoma dos Açores foi impulsionado, principalmente, pelas atividades de alojamento e restauração, que registaram em 2019 um aumento do VAB de 6,5% e assumem uma relevância significativa na estrutura produtiva destas regiões”, declara a associação.

A associação informa, também, que o Prémio Carreira atribuído pelo Prémio Nacional de Turismo foi entregue Mário Pereira Gonçalves, presidente da AHRESP.

“Nascido em 1939 na aldeia de Porto Castanheiro, concelho de Arganil, Mário Pereira Gonçalves veio trabalhar para Lisboa com 13 anos de idade. No seu percurso profissional passou por várias pastelarias como funcionário e, depois, como empresário. Em 2000, recebeu o grau de Comendador pelo então Presidente da República, Dr. Jorge Sampaio. Foi fundador do CFPSA – Centro de Formação para o Setor Alimentar, representando desde então no Conselho de Administração, as Associações Empresariais protocoladas. É Presidente da Direção da AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, desde 1983”, salienta a instituição.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!